quinta-feira, janeiro 07, 2010

Porque choras criancinha?

Em lamento pela contrariedade da situação diz-me ES ao tfone:

- Já não tenho uma réstia de esperança.....! - Exorta em suspiro esmorecido...


Na vã tentativa do aligeiro à situação retruquei delambido:

- Eu já não tenho é uma réstia de cebolas....!....


Silêncio na linha....a quietude no vácuo....


- O que é uma réstia de cebolas? - afinfa ES tenaz.



E pronto... eis que entro em 2010, com uma linda história de fazer chorar e de apelar à vossa letomania....

7 Reacções:

Individual(mente) disse...

Posso juntar-me ao clube? Please, please, please!!!!!!
Posso compensar as cebolas com chocolates? :D

Zoninho disse...

réstia... blaaaa

e como consegues aligeirar a coisa! muito bem!

:)

Mike disse...

Olha que coincidência...
Vontade de me atirar da janela, não estivesse eu no res do chão, foi a minha vontade hoje, quando um dos seres unicelulares, que trabalha comigo me disse: Tens qe requisitar material...já não há réstias de folhas. Manda vir umas 20 réstias.
Ahhhhhhhhh!!!!

Angelo disse...

Com esse aligeiramento o mundo de ES ficou logo muito melhor!

Estiveste bem, há que dizer!

Spirit disse...

E umas réstias de dicionários (daqueles editados antes do desacordo ortográfico)? A mim começam a fazer-me falta para aturar certos e determinados "supra-sumos da barbatana em português" com os quais tenho que dividir o meu local de trabalho... é com cada calinada que até dói :(

Dead Cowboy disse...

E com isto deste-me uma réstia de alegria.

pinguim disse...

Réstias e réstias de gajOs bons por aí e vens tu a falar-me de réstias de esperança e de...cebolas....
Abração.