terça-feira, dezembro 29, 2009

Uma blasfémiazita

Não sabia que o Pαpα também gostava de Queen...

Em horário nobre brindou os fiéis com:

... Another One Bites The Dust ...








(Pronto.... OK .... vai tarde e tal, mais vai com lampejo a gracita...só espero que não me caia um dentinho)

terça-feira, dezembro 22, 2009

Repto à agro-comunidade

Acabei agorinha de saber que o gasóleo agrícola baixará de preço!

...
...
...


(...)


A Peugeot faz tractores?!?

domingo, dezembro 20, 2009

A star is born!

Lu faz mais uma aparição numa Hydra-reportagem:


O jantar de Sexta...

Acabou nisto...


Titilante....yet...distractivo...;)

quarta-feira, dezembro 16, 2009

Os dentes e o sexo

Tenho vindo a descobrir que ultimamente irrito-me facilmente!....Contudo, nada que um suplemento vitamínico não resolva!

Quando me irrito com coisas significativas...tudo muito bem...monto no cavalo do Sun Tzu, e faço da guerra uma arte....
Quando me irrito com coisas de lana caprina, ainda mais irritado fico por não me conseguir destacar do minguado...

Factos:
A pasta de dentes tem uma tampa de enroscar...

Desvarios:
Ora a p*ta da tampa leva-me 4 segundos a desenroscar e mais 4 para enroscar, porque nem é de fácil manejo. Como eu sou pessoa de lavar os dentes várias vezes por dia, esta tarefa irrita-me um nímio bocadinho...

Estatísticas:
Em prol do argumento e numa simplificação de valores, consideremos que lavo apenas os dentes 3 vezes por dia!...Ora no processo (3x8), perdi 24 segundos...e se tivermos em mente que o valor médio de um orgasmo masculino é de 20 segundos...este tempo desperdiçado poderia ser redireccionado a franzir a fronha e a contorcionismo circense!

Continuemos...(pois que pigarreio!)

Por dia, e por ano não bissexto, contas feitas...há aqui uma perda de 146 minutos...ou seja 2.4 horas...
Ou noutro prisma, 438 orgasmos anuais perdidos....orgasmos esses que contribuiriam para uma menor irritabilidade e a uma mais leve atitude face às vicissitudes da vida...


Conclusões:
-Higiene oral dificultada redunda numa reduzida vida mono-sexual (ou pluri, dependendo do modus vivendi de cada um!)

Estratégia de Damage-Control:
-Mudar de pasta dentífrica com snap-on-off abertura ou acariciar-me enquanto enrosco e desenrosco a actual embalagem! (Como é que será ter um orgasmo com a boca cheia de espuma?)



Surpreende-me que nem toda a gente esteja ciente destes factos...

terça-feira, dezembro 15, 2009

3 razões porque...

... nunca me separo do meu tfone!


Descubram o que está mal:)







segunda-feira, dezembro 14, 2009

For the love of God...

Mon cheris e After 8's


...Help me!


Quando eu der à costa em Carcavelos, será tarde demais....

sexta-feira, dezembro 11, 2009

P'ro Natal o meu presente eu quero que seja uma barbie!

A Hydra-irmã esteve cá hoje de novo...

Mas desta vez e porque vinha de onde e para onde iria a seguir, estava en passant....e vinha acompanhada de 3 amigas, todas elas da Mattel (!) e fora da embalagem....
Com ela, trouxe também o Yuri, o seu Golden Retriever.

Lancei-me ao cão, fiz-lhe festas na tola e sorridente, entre agarrares de bochechas e pelos....perguntei-lhe com voz abebecada canina:

- Então Yuri, 'tás despenteado, vieste aos trambolhões na Vostok?

Nisto, senti 2 das amigas de escaparate de montra comentarem...

"-Vostok?" - Abanando a trunfa atarantada...
"-Tá a falar do carro burra!" - Respondeu célere e pautada com o tlin tlin das pulseiras a outra...

A terceira rapariga, continuava parada, agarrada a uma mala de mão cingida à barriga, com os dois braços a fazer de prateleira ao peito...
A Hydra-irmã havia desaparecido...e ouvia-se guinchar de satisfação ao longe...

Não sabendo que conversa fazer com as tipas dado que não domino o mundo da Parfois, continuei dedicado ao cão que estava extasiado com as minhas festas...

(...)

O mundo pula e avança, e chegou a hora de abalada da Hydra-irmã e das caped crusaders...
À porta e com todas cá fora despedi-me do cão:

- Adeus ó Gagarin!

E voltam as mesmas de cima:
"-Gagarin?!?" - Ecoa da da poupa em forma de toldo....
"-Deve ser o apelido do cão!" - Ataca a outra despachada...


Antes de as ver desaparecer no poço do elevador...ainda alvitrei à Hydra-irmã, num falso interesse:

- Mas espera...nem me disseste o nome das tuas amigas!?

Eis que as Supremes, se voltam as 3 de lado, num movimento concertado e quase ensaiado e começam:

-Eu sou a Telma.....eu sou a Tita....e eu sou a Tina....!

- Uau....!!!!! Estaquei surpreso, detendo-me no brilho cristalino emanado do aparelho dentário da última da fila enquanto cintiliva à luz das escadas...

Virei-me para a minha irmã de boca aberta, mas sempre de olhar trancado nas tipas e perguntei:

- Como é que fizeste isto? Foi por catálogo?

quarta-feira, dezembro 09, 2009

Não há pessoas preguiçosas...há é pessoas com falta de recursos!

Acabei de enviar um sms à Hydra-irmã dizendo o seguinte:

"Vem até aqui, preciso de falar ctg!"

... ... ... ...

Ora tal não tem interesse nenhum, não fosse o facto de eu estar no meu quarto e ela estar na cozinha!


Não me apeteceu levantar...e não me apeteceu elevar a voz...acho que contornei a situação lindamente!



Tou doentinho...e ela veio-me visitar...tão querida...e aproveitou para catalogar o que lhe calharia em testamento caso me acontecesse alguma coisa....(Somos uma família muito prática!).

terça-feira, dezembro 08, 2009

Ninguém me ouviu, pois não?

Ainda estou naquela fase do "só à chapada" de farejar o carro à lá cão quando o estaciono, para ver se tudo está nos conformes quando o deixo...e se tudo nos conformes está, quando ao pé dele chego no dia seguinte...

Muito à homem e muito à porco, a sujidade exterior não me perturba...e em tempo de chuva muito menos...

Agora o que me incomoda a potes são acumulações várias no courcovan* do Hydra-mobile!

Pois bem...deixei o carro parado debaixo de uma árvore overnight...quando matinalmente lá cheguei, o courcovan estava pejado de aglomerados caducifólios displicentemente caídos lá do alto...

Achei um despautério a indelicadeza da gravidade e prontamente em arremessos lá fui retirando os magotes de folhagem do plástico...

Tirei, tirei e tirei...e na minha senda neurótica e contrariada agarro num tufo castanho e contraio a mão em garra para o retirar da superfície...e na acção nevrótica do movimento apertado, sinto tensão no interior da mão e picadas várias...

- Mas que m*rda é esta? - Pensei eu, educadíssimo e de fino trato!

Abro então a mão para ver o que lá tinha...e quando afasto os dedos em estrela, revela-se uma mega aranha castanha envolta nas folhas...

Entrei em pânico!

Guinchei tão ininterruptamente e tão compenetrado como quem entoa uma quírie...e em tom tão elevado que todos os cães da zona me conseguiram ouvir....

Estaquei histriónico qual castrato no guincho e petrificado fiquei com a aranha na mão durante largos segundos...sem saber o que fazer, sem saber como reagir, sem saber que atitude tomar...e sempre em dó sustenido!

Num laivo diminuto de inteligência forçado à tona no meio do dramalhão, lá tive a genica de agitar bruscamente a mão em spidermanning** e atirar a aracno-nojice metros além...

Para salvar a honra do convento masculino, fui ao pé da aranha.... e muito à homem (urge-se repetir isto!) vociferei "put* dum c*brão" e zás...pus-lhe o pé em cima, e ouvi o crepitar do seu fim....som comparável a quem no silêncio saboreia uma tigela de chocapic....







*courcovan é aquela peça plástica, entre o vidro da frente e o capot, onde assentam os limpa-parabrisas.

**Não sejam porcos!

PS- Encarar as asneiras como pequenos apontamentos testosterónicos no texto.

quarta-feira, dezembro 02, 2009

Catrapisquem-me este sentido de humor!

À minha amiga que trabalha com fotografias, interpelei-a laconicamente e algo blasé:


Eu- És uma pessoa particularmente religiosa...?

Ela- Não....! Porquê? - Esquadrinhou de sobrolho arqueado...

Eu- Como trabalhas com Revelações...!

segunda-feira, novembro 30, 2009

aMUSEd

Em 3 palavrinhas BRU-TA-LE!

Epah..."talento reconhecido a quem lhe é devido"....os Muse são fabulosos...

O espetáculo* montado...o jogo de luzes e lasers, a projeção* acessória de imagens...o alinhamento das faixas...o ainda (em francês encore!) que fizeram...
Mais a explosão de cores para os sinestésicos....

Exceção* apenas na péssima acústica do pavilhão Atlântico...o som vinha concentrado e altíssimo do palco e a polifonia quando excedida (o que não é difícil!) resultava em distorção cacofónica...

Cantei, pulei...bati palminhas, e saí de lá com os ouvidos a tinir...hoje sinto-me no interior de um garrafão!

Exauri-me...voltarei em breve após recobrado...aguardem-me com expetação*.


....




*Este blog, contrariado, imiscui-se no novo acordo...

sábado, novembro 28, 2009

Muse

Depois da noite de ontem em que levei um ganda moche da Su, a murmuradora de microfones, no singstar Queen, amanhã é dia de festa, pois canta a minh'álminha!





É oficial....

Lá estarei aos pinotes no Pavilhão Atlântico para ver os Muse...completamente pitafórico!

sexta-feira, novembro 27, 2009

La riviera...

E porque se diz mais, com aquilo que não se diz...aqui ficam 3 snapshots tirados da Côte da Caparique neste dia de sol...como prelúdio para o fim de semana.








Fui até à praia,
Mas na água não entrei...

Fui sentir o mar,
Mas no mar, não me molhei...

Fui pisar areia,
Mas os pés não descalcei...

Fui pensar na vida,
Mas na vida não pensei...


O nó que trago na garganta,
Foi o mesmo com que lá cheguei...


......


E que lindo momento o descrito
Pensam vocês "o rapaz tem fama!"
Que além de poesia e prosa
É também muito bom na cama!...



Moral da história: Publicidade descarada nunca fez mal a ninguém!

quinta-feira, novembro 26, 2009

Mosquito-kamizake

Um mosquito acabou de pousar do lado esquerdo do laptop...

Quando o tentei enxotar...o idiota continuou a andar por ali afora...e apatetado acabou por entrar na saída HDMI do chassis do computador...e já não voltou a sair...

Agora está lá para dentro...imaginem se ele tem a veleidade de ir morrer em HD em cima de algum fio importante ou circuito essencial...

Díptero estúpido!

Odeio bichezas!

Ágio nos tintins

Hoje de tarde estive numa grande superfíce...ali em Alfragide...ao pé do IKEA, que toda a gente pronuncia ÍKÉÁ ou IKÊIA e que eu por influência Britânica continuo a pronunciar AIKÍA, que é o melhor que me aprouvem!

Divago...(Que é o nome do Doutor do Pasternak!)

Encostei o focinho a uma montra de colchões, já que a dor de costas que me persegue me fez prender atenção nos modelitos confortáveis...
Quase que me fundi com o vidro, e perscrutei o que mais perto de mim estava e fui atentando nos pormenores no dito...

De supetão e inesperadamente, qual ex-namorada anunciando uma gravidez (eu leio muito!), a vista do colchão é-me trancada pela figura de uma rapariga avultada vestida de preto, a saltitar pela montra, cingida ao vidro e zás....começa a colar-me umas letras no campo de visão....pelo interior do vidro...

Sem me mexer, levanto a sobrancelha esquerda ao limiar da primeira letra...e vejo um D....sigo-a atentamente no afinco da escolha das letras de entre uma pilha imensa de cartões letrados e da colagem no vidro e vou-lhe seguindo a trajectória que redunda na palavra DESCONTOS....mas sempre indagado pelo facto da gaja me ter surgido na frente qual rinoceronte em safari....sem o mínimo de decoro!

Impávido continuei...era uma luta de egos....quem se mexesse primeiro perdia....
De vez em quando olhava para mim, entre letras coladas, e aspirava as bochechas num misto de sensualidade arrogante, como a gritar ao mundo "eu sou a Kate Moss dos colchões"!

Prosseguiu...e após escolha dos cartões letrados, colou em duas tentativas a palavra "EM"....baixou-se ligeiramente e começou outra palavra....põe um C.....põe um O.....

Uma pessoa normal já se teria afastado...e teria mandado a piquena pastar na savana....mas eu, ranhoso como só eu...não arredei pé....meteu-me raiva a atitude dela.... e desafiei-a com o olhar...encostando quase o nariz à linha de colagem das letras....

Ela vacilou...percebi...notei-lhe um leve rubro nas faces....e perturbação nos cartões das letras...não obstante, levantou-me o ombro direito em despique...e continuou a colagem...
Segue um L....segue um H.......procura na pilha dos cartões e segue-se com um Õ......um E.....e finalmente....um S......

A seguir ao Õ...fiquei logo em alerta e midriático por antecipação final.....

Ela, com o terminar das letras, transparece-me com o rosto "Say what???? Biatch!"....e vira costas, galgando o colchão que iniciara esta história...
Eu arredo um passinho atrás...e contemplo com amazement a obra de arte caprina:

DESCONTOS EM COLHÕES

Nem me consegui rir, tamanha foi a petrificação que o escaparate me causou...até corei....
Dei passo à frente...passo atrás...mirei e examinei....senti uma meia-culpa...expeli o ar dos pulmões de tédio pelo nariz....abanei as hastes....entrei na loja....e interpelei-a:

- Não que me admire que também os tenha para o anunciado...mas face à loja em que estamos os descontos são para Colchões, não são?

Fiz uma pausa...para lhe dar tempo para assimilar o meu sarcasmo....e continuei...

- Falta-lhe um C, no pior sítio!!!!

terça-feira, novembro 24, 2009

Faz hoje 18 anos...

A minha última foto tirada em Montreux



Freddie Mercury


5 Sept 1946 - 24 Nov 1991





PS: Aos que me desejaram as melhoras por causa do post anterior, merci bien...mas não estou doente...há ali o trocadilho...

segunda-feira, novembro 23, 2009

Tou doente!

Foi-me diagnosticada Gripe do Presunto....



........................................Tudo porque tive Gripe Suína e fui curado!

blheak!

Intriga-me quando as pessoas me dizem "vomitei-me"....ou pior ainda, "vomitei-me todo/a!"....

Vomitar não é um verbo reflexo...logo quem vomita, não se vomita...
Aliás, só se vomita, se vomitar por cima de si próprio...só neste caso é que faz sentido...é "vomitei!" e ponto final!

Ninguém diz "Mij*i-me todo/a!", pois não? A não ser claro, que no processo, outras partes de nós ou roupa, fiquem também molhadas....desportos aquáticos voluntários não contam! Então porquê o "me" no vomitar?

Posto isto tudo...vomitar é uma palavra horrorosa....e mij*r também...e curiosamente em tão poucas linhas, juntei as duas...ah poeta!

Pronto, só cá vim dizer isto...agora vou comer-me!

sábado, novembro 21, 2009

New Moon - Saga Twilight

Pitas e pitos de Portugal corações ao alto e palminhas às argolas de beta!

Sou fan da saga Twilight...:)




A minha querida Sael prepucionou-me uma noite inolvidável com a ante-estreia do New Moon.

O filme tem tudo para me agradar...um mimo de efeitos especiais...vampiros...lobisomens....uma xaropadazita de história à mistura...e gente gira com'ó caraças (destaco a Alice!).

Diverti-me à brava...saí de lá pitafórico*...

Desde então que ando aos guinchos de satisfação.

A reter:

- Ao Edward dá-se-lhe na mona, foge p'ró Brasil e acaba com a Bella, mas depois fica tudo bem!
- O Jacob é um lobisomem e tem a mãos mais horrorosas que já vi (atentem nas unhas todas sujas e roídas na cena da mota!...Como é que deixam isto passar num filme?).
- A Victoria vampira volta e fica suspensa.


Espero não ter estragado nada a ninguém com estes ailerons....ou serão spoilers?



*Hydragismo: Pitafórico (s.m.) = Pita + Eufórico

sexta-feira, novembro 20, 2009

Vai chamar pai a outro!

O Background:

O Hydra-pai foi por o carro dele na revisão...e para colmatar a falta do piqueno, foi-lhe dado um Renault Megane novinho para substituição durante 2 dias...
Como adoro tudo o que é experimentação, "fiz-me ao piso" do Megane e quis ver como é que a outra metade vive...deixei o Tomás de lado (Tomás é o nome de baptismo do Peugeot!) e andei a guiar o Renault...

Entretanto em Lisboa apartámo-nos...! Ele foi à vida dele ao volante do dito, ficando previamente combinado que me apanharia horas mais tarde em frente à Gulbenkian....

Eu.... aluado como só eu próprio, não atentei na matrícula do carro, nem à cor específica do modelo....um cinza qualquer, segredou-me uma frágil lembrança... e continuei absorto ruas afora focado no interior do carro, na quantidade extasiante de botões, na mimosa embraiagem Francesa...
Entretando morre-me o cabrã* do tfone...facto que se revelaria mais tarde um contratempo fulcral...


Here we go:

A hora marcada chegou....e eu prostrado à entrada da Gulbenkian, na avenida de Berna....
Tic tac esvoaçante...e o Hydra-pai nicles...

Passarinhei na calçada trás e frente...sentei-me num pilarete...levantei-me a cada promessa de Renault que se aproximava...mas nada...
De soslaio ia atentando, numa mulher também ela esperançosa por alguém...impaciente mas mais controlada que eu...já que nunca se moveu de sítio com a ânsia...

Esperei...exasperei...vociferei de tédio...e enraiveci....o tfone morto não ajudou!


Here we go a bit further:

Entretanto assoma um Renault na proximidade, em formato e cor ao pretendido...enfaixa-se pela entrada da Gulbenkian, recortando um semi-círculo por orientação à avenida principal...e ainda o carro mal tinha parado...já eu estava a abrir a porta...a sentar-me....a apertar o cinto de segurança...sempre a refilar pelo atraso descomunal do Hydra-pai, mais à falta de respeito pelo combinado...

Tudo isto expelido com fulgor dramático, enquanto arrumava e dobrava o casaco por cima das pernas....e cruzava as mãos no colo....

De olhos postos na direcção frente e aturdido pelo facto de continuarmos parados...reviro os olhos e indago com fastio porque razão é que ainda não nos fizémos ao caminho e termino a frase virando-me para a esquerda, na direcção do volante....
Nisto mortifiquei...gaguejei...faltou-se-me a respiração...mudei de cor à paleta do rubro...o coração bateu a tempo de marcha....e pio fininho:

- Acho que entrei no carro errado....!..... E engoli atemorizado pela vergonha descomunal da situação....

Um homem de patilhas imensas e óculos a Roy Orbinson sentado ao volante...exibia por detrás das lentes, as papilas mais dilatadas que jamais vi...sabe lá Deus de terror ou surpresa...mas nem tugiu...
Colada ao vidro da minha porta, reparei com terror, estava a mulher que comigo tinha esperado na calçada...evidenciando o facto daquele ser o seu carro no qual deveria ter entrado....e fitava-me confusa e amedrontada...

Saí rapidamente do carro...balbuciando em desculpa sílabas desconexas e urros guturais como se um ataque de asma profundo me impedisse do tino à comunicação...

Afastei-me paralisado, e vi-os partir avenida fora...num Renault que afinal era Laguna...nem Megane era...e sentei-me no pilarete...e morri mais um bocadinho...


Requiem:

O Hydra-pai chegou 10 minutos mais tarde...entrei no carro com os dentes de fora e de harpa na mão!

quarta-feira, novembro 18, 2009

Custa ser homem!

Vou contar-vos a minha manhã e a sequência de mentalizções feitas com o deparar a cada etapa matinal, cujas ínfimas decisões podem acarretar fulcrais consequências ao modo como o dia é enfrentado...

Levanto-me e deparo-me com a primeira incerteza...
Faço ou não a barba...odeio fazê-la...nem gosto de me ver sem a perpétua 5 o'clock shadow...fica portanto o dilema reflectido nas caretas feitas frente ao espelho a tentar perceber, se a barba deve ou não ser aparada e por quanto...É a incerteza da diferença entre um look casual...ou um look refugiado...e a diametral diferença polarizante destas duas vertentes bem pode levar a eventualidades bem distintas....

No banho...lavar a cara....lavo com o produto X ou o produto Y?...X seca-me mais a pele....Se opto pelo Y, não tenho o efeito desejado....Mas se lavo a cara com qualquer produto, vou ter de a hidratar a seguir...senão vou andar com a sensação de facelift nas horas seguintes...em que se levantar uma sobrancelha...vou sentir o resto da cara a subir na mesma direcção em monobloco...

Depois do banho....para que lado vai o cabelo....deverá ir para algum lado? Devo fazer risco?...Para a esquerda, ou para a direita....Se fizer para a esquerda, fico com ar de intelectualóide...se for para a direita...fica ligeiramente avant garde...contudo, o mais pequeno milímetro por excesso à direita e resvalo em look saloio.....um desespero!

Já sei...opto por um look messy, e desarranjado...ponho clay...e despenteio-me com primor e técnica...e passo horas com afinco e precisão a colocar um look desordenado, desgrenhado e que sugere que nem 5 minutos perdi com o cabelo....
Mas e se chove?....O terror....a chuva dissolve o clay...a poupa acachapa...e toda a vã glória do esforço se esvai na água....

A roupa...que calças? Se escolho umas mais apertadas, que me ficam melhores com os sapatos N, vou andar todo o dia em perpétuo falsete e cada vez que me quiser sentar ou cruzar as pernas, ouvir-se-á o Turandot dos meus tintins em constrita aflição....
Se escolho outras calças, não vão bem com os sapatos que quero para hoje...

Camisa ou sweater?....Com camisa se calhar terei frio....com o sweater se calhar vou transpirar...
Desodorisante...roll on ou spray?....Roll on estraga a roupa mas tem maior efeito...Spray é mais gentil nos tecidos, mas dissipa rapidamente...e a sensação gosmenta avassala nos meus sovaquitos...

Que perfume escolho?...Que aroma quero que flutue à minha volta e que empeste narinas alheias?...

Meias...com bonecos ou clássicas?...Se me vêem os bonecos passarei por teenager inconsciente....se me vêem as clássicas...pensarão decerto "uptight"...
Não levar meias, não é opcão...ainda que aspire a yuppie, estamos outonais...

Que casaco e cachecol...? O cachecol tem de fazer pendant com o optado sweater...e o casaco tem de rematar o conjunto...mas a falta dele não o pode perturbar!

....


A próxima mulher que me disser que ser gaja custa, arranco-lhe o batom das mãos e enfio-lho nos olhos!!!!!




PS-Aos que me seguem por Google Reader, peço desculpa pela primeira versão deste post...era um relato em progressão e houve coisas que resolvi editar.

segunda-feira, novembro 09, 2009

Explorar opções

Os Tokio Hotel têm tanto sucesso que pensei em enveredar pelo mesmo caminho...

Sendo assim, preciso de músicos...estão então abertas neste momento inscrições para a banda que estou prestes a formar....os Osaka Pensão!



PS- Sim, isto é o melhor que consigo fazer hoje...o frio reduz-me a bratwurst para meio côvado e congela-me as sinapses....

sexta-feira, novembro 06, 2009

Pânico

Por força e via de vicissitudes extemporâneas hoje andei à chuva...e avanço desde já que não foi um sentimento glorioso....

Agora tenho um piquinho na garganta....e estou cheio de medo....que seja míldio!

quinta-feira, novembro 05, 2009

São lágrimas....

Não sei o que se passa comigo...sempre que me ponho a ver tv...choro...
Só esta manhã, já carpi 3 vezes a ver...:

Ghostwhisperer
Brothers and Sisters
Querido, mudei a casa (!!!!!!! I knowwwwww !!!!)

Não sei se estou com uma crise de meia idade in which case devia ter escolhido um cabriolet e ir flashar a Hydra- πchota na noite Lisboeta...ou se estou com alguma alergia sazonal...

Ehhhh.....pelo sim pelo não, vou tomar banho, aparar o arbusto e tomar zyrtec....

quarta-feira, novembro 04, 2009

Confissões - Parte 2, o desfecho

Meus queridos e pequenos póneis,

Relativamente ao post anterior, ficam aqui os nomes completos dos convivas intervenientes mencionados:

André Citroën
Adam Opel
Louis Renault
Armand Peugeot

Sendo estes os nomes dos fundadores/criadores das respectivas marcas. Aposto que agora, ao reler o post, ele vai assumir uma dimensão completamente nova...e rodoviária, certo?

Estou a falar e a descrever carros...as palavras são fantásticas, permitem-nos tudo e nada...

E sim o Renault foi o meu primeiro Amor...e passámos muito juntos;)

Rebuscado??? Rebuscadíssimo....mas jamais acima de pH 7....



Isto não foi um coming out....foi um coming into....num Leão que mostra a sua raça;)

terça-feira, novembro 03, 2009

Confissões - Parte 1

Assim quase do nada...fui convidado para uma festa selecta...um outro nível de acessibilidade...
Fiquei até apreensivo com a minha decisão de anuência face ao repentino da ocasião...mas achei que merecia...que podia e devia comparticipar...

Foi uma sessão quiçá* estranha...pois deambulei no meio da multidão e invariavelmente dei por mim a atentar nos convivas...e vários foram os que me marcaram naqueles momentos...pelos mais diversos motivos e de mim arrancaram sensações há muito adormecidas...

Apresentaram-me o André, que pelo que soube, há muito que me queria conhecer... muito afável e atrevido nos movimentos, deixou-me com um sorriso....tinha uma aparência rotunda......envergava cinza...o que lhe assentava particularmente bem...mas as distracções foram tantas que nem falámos muito...

Revi o Adam, em que já de outros carnavais havíamos privado....abriu caminho até mim na multidão, ... austeridade exsudada naquela aparência...nunca me lembro dele desenvolver muito bem em contextos sociais...talvez por isso a nossa história também ela nunca tivesse desenvolvido...

Ao longe, atentei no Louis e o meu coração quase que disparou, lembro-me de no passado termos pertencido um ao outro...foi o meu primeiro amor, principiado nos tempos de faculdade...lembro-me da sua força e determinação...que irrompia e tudo deixava para trás...ainda me aproximei e toquei-lhe ao de leve...naquele momento, recordei todos os momentos felizes que passámos juntos...
Afastei-me contudo ao fim de algum tempo, levando um sorriso assentido...não fazia senso repetir a história...Ele deixou-me ir....não me travou...

Terminava aquela noite de conluios celestiais estranhos...e choquei com o Armand à saída... foi curiosa a maneira como nos detivémos um no outro...sabia apenas que era amigo do André, mais nada...cortou-me a respiração a sua fachada acutilante e brilhante, impossível ficar indiferente à sua presença...
Havia algo de magnético nele, possante... algo que me impelia à proximidade....
Uma coisa levou à outra...falámos...falámos...falámos...foi com ele que dali saí....e com ele tenho passado os meus dias....e sinto-me feliz....


* Obrigado Zoninho:)

ÇÇÇ

Eu quero agradeçer a todo o vosso apoio, todos os abraçinhos que me deram, o creme de çenoura que enviaram...a çério meus...obrigado com toda a çerteza deste coração!


Interior do elevador do Íbis Saldanha* (o açento do A também está mal)



*E antes que alguém pergunte o que lá fazia eu....preçisei de um local para trocar de roupa, esconder a minha identidade e ir combater o crime....sou o Çuper Corrector! Descontos para grupos e desloco-me ao domiçilio!

domingo, novembro 01, 2009

When all the salt is taken from the sea...

...I stand dethroned...I'm naked and I bleed....


A simpática mecita da loja Ben&Jerry's no Chiado, bojardou-me sem qualquer preparo, a pior notícia destes últimos tempos...

O Cherry Garcia...aquele magnífico sabor, que me acompanhou por 3 países, que me viu formar, casar, ter filhos, ir à tropa, comprar a primeira máquina de costura Singer.... foi descontinuado...




Perdi a vontade viver...estou de cama...

How Can I Go On?

sábado, outubro 31, 2009

PUB: Aposta Garantida

Um direito de antena. O meu amigo P., responsável pelo projecto abaixo indicado, pediu-me para o publicitar. Aqui fica da sua autoria:


"Hydrafollowers,

Hoje venho dar-vos a conhecer uma comunidade que tem vindo a ajudar quem procura de um rendimento extra.

Porque nem todos temos salário de craque de futebol convido-vos a visitarem

www.apostagarantida.com

Basicamente e em poucas palavras, este site partilha uma técnica que permite lucrar com as apostas desportivas, cobrindo todos os resultados possíveis.

Mesmo quem não entende de futebol sabe que não existe outro resultado além da vitória, empate ou derrota :)

Se procuras um rendimento para te ajudar nos estudos, ter as férias com que sempre sonhaste ou simplesmente pagar as despesas quotidianas estás no sítio certo!

Inscreve-te no fórum, apresenta-te à comunidade e comprova por ti mesmo que é possível!




O meu nome é Hydrargirum e eu aprovo esta mensagem :D"

quinta-feira, outubro 29, 2009

Praga, Pergunta, Pornográfico, Prece

Praga:

To: Exmo Sr compositor da música do anúncio do Pingo Doce.
CC: Equipa de marketing promotora e concordante ao anúncio.

Venho por este meio desejar-lhe um violento surto de síndroma de colcheia que o leve à cama e o impossibilite de compor outras m&rdas que tais.
Desejo-lhe também que seja violentamente sodomizado por claves de sol em contexto gangbang, sem recurso a lubrificante, e que finalmente lhe seja enfiada uma semi-fusa garganta abaixo.
Para terminar, um sustenido pelos queixos acima na esperança de que esta missiva o encontre de saúde.

Com os melhores cumprimentos e um bemol nos tintins,

Assinado: Portugal Continental, Regiões Autónomas de Ilhas e Principado da Fuzeta!


Pergunta:

a) Prove por indução matemática que:

Wanda Stuart = 1/ Strumpf

sabendo que Strumpf=Smurf.



Pornográfico:

b) Favor de Por No Gráfico o valor encontrado na alínea anterior.




Prece:

Meu Deus, livra-me de morder a língua algum dia...

terça-feira, outubro 27, 2009

Doce Cãoventual

Cozinha:

Eu, sentado à mesa.....trincando em câmera lenta o meu travesseiro de Sintra...sorvendo com todo o afinco cada dentada minúscula no intuito de prolongar o prazer....adensando aquele momento e perpetuando-o pelo revirar analítico da minha língua, captando o sabor à mais ínfima partícula...

O mundo?...Inexistente à minha volta...uma névoa de contornos e cores esborratados pelo canalizar exclusivo do sensorial ao paladar....

Os olhos fecham-se e um sorriso esbatido abraça o mastigar...perco-me envolvido na ocasião e o meu corpo rejubila em suaves contorções a cada morder....

...............

Entre dentadas....num semi abrir de olhar....reparo que sentada defronte está a Hydra-irmã...lacónica na expressão e cravada na minha direcção....

Esgazeio os sentidos...e indago à volta em midríase, interrogado pelo facto da turbidez do momento me ter alheado à vinda e presença da parente....

Retraio-me e ao meu travesseiro na cadeira....denotando a posse do prazer....
Ela, fixada em mim continua....
Mirando-a a medo....agarro-me à vida do doce....e mordisco-lhe uma outra ponta...em silêncio....

Cerro os olhos na direcção dela....Ela engole em seco....vidrada no travesseiro....
Sinto-lhe um movimento discreto....antevejo hecatombe.......rosno de mansinho....

O seu olhar esmorecido....contabescente...
Nisto, impelida de coragem ao desespero...abandona o lugar primo, e vem-se sentar contígua...e ofega...

...............

Irritado pela interrupção gastró-onanista....quebro o silêncio e raivoso ribombo no ar....:
- Queres uma dentada?

Ela responde soçobrante qual pierrot:
- Sim, quero....!

E eu voraz....mordi-lhe o braço!!!!!

quinta-feira, outubro 22, 2009

2 miminhos







E há bocado num dos muitos canais de TV que temos...deparei-me com uma delícia de tradução:

Voz original: - Did you fire him?
Tradução: - Pegaste-lhe fogo?

terça-feira, outubro 20, 2009

Geração Mal-formada (2 anos depois)

Há 2 anos atrás...publiquei este post...e como estou numa altura audisovisualmente revivalista ocasionada por conversas que vou tendo com os meus amigos...recoloco este post no ar...porque ainda hoje me rio com isto!


Ainda na onda dos desenhos animados da nossa infância, e com tal em vista, venho por este meio tentar arranjar uma explicação para a nossa geração que em tantas outras coisas é mal-formada, tem padrões de sociabilidade condenáveis (ou não...cada qual tem a sua opinião!)....e é traumatizada....

Sim, leram bem! Traumatizada!

Ora pensem nos desenhos animados com os quais crescemos....!
A Heidi, não tinha pais...e vivia com o avô....! Mais o Pedro e as cabras....!
Como é que isto não há-de fazer confusão na cabeça de uma criança? Uma menina sem os pais...apegada a uma figura paterna na pele de um Avô! Nós não sabemos, mas a Heidi, desenvolveu um semi-complexo de Electra na vida adulta e uma alergia ao pêlo de cabra...


Aqui temos a Heidi, a actualizar o seu perfil no Facebook.

Depois, temos mais dois casos deprimentes e de fazer chorar as pedras da calçada!
O Marco...que corria a Europa à procura da mãe...que agora já nem me lembro se o abandonou...ou deixou por alguma razão justificável....
E o Sebastião (do Bell e Sebastião), que corria os Pirinéus, também à procura da mãe...
Obviamente, estas duas crianças, não cresceram sem mácula psicológica!!!

Marco, numa foto na polícia judiciária, após uma vida delinquente.


Bell, Sebastião e Butch(x)i, numa alegra cena, altamente condenável!

Como é que estes dois rapazes, podiam algum dia ser felizes...! E nós, a assistir ao sofrimento destes miúdos nas demandas Europeias à procura de alguém que para nós era a figura mais importante...

A minha mãe diz-me que eu chorava copiosamente com isto...PUDERA!!!!....Muito me admiro como é que não cortei os pulsos!!! Ou não me meti nas drogas (O Bairro Alto ajuda!)....


Depois tínhamos a Candy Candy...Coitada desta rapariga...
Ainda me lembro do 1ro episódio...ela, a viver num orfanato, e a sofrer o drama, de lá ficar e ver a sua melhor amiga a ser levada por uma família de adopção...e ela para trás!
Quando finalmente foi levada, anos mais tarde apaixona-se pelo António, que morre num acidente de cavalo...
Eu, quase que me meti nos copos com isto....!
Mas não é tudo...sorte a nossa que a last season, não passou cá, mas apenas no Japão. Mas eu adianto, que a Candy Candy, se tornou numa professora primária, que eventualmente foi despedida, e não tinha dinheiro para se suster...Pobre rapariga!


Candy Candy a tentar o suicídio por defenestração!


Havia também a Ana dos cabelos ruivos que também era adoptada...e sofria as vicissitudes da vida...

Ana, "high as a kite" após inalação de estupefacientes leves. Meteu-se nas drogas e foi mais tarde presa por solicitação!


Com o D´artacão, foi-nos introduzido o conceito de adultério! A rainha Ana (de Áustria) de França tinha um affair com o duque de Buckingham (UK), isto nas costas de Luís XIII.


D´artacão posa para a foto, unaware que Julieta passa tempo demais nos aposentos da Rainha!

Com o D´artagnan, fomos apresentados ao trans-genderismo (é a palvra correcta?). Ou não se lembram que o viril e espadaúdo mosqueteiro Aramis, era na realidade uma viril e espadaúda mulher?




Aramis, conta o seu segredo...e usa e abusa de formas verbais pluralizadas da 2a pessoa do singular do pretérito perfeito!


Mas nem tudo, eram más notícias....o Ursinho Ted, vivia sozinho, desde tenra idade, o que incutiu uma definição de independência nas nossas mentes...mas lá está...só tinha uma tia!O resto da família, kaput, como dizia o Vasco Granja!
E o carteiro Pat, introduziu a necessidade dos cursos técnico-profissionalizantes.



Carteiro Pat, envergando um modelito Chanel-CTT, de casaco assertoado, que o favorece significativamente!


Após reflexão exagerada, sou obrigado a concluir que todas estas referências, subtil ou gritantemente incluídas nas animações da nossa vida, deixaram marcas indeléveis e traumatizantes nas nossas personalidades. Muitos de nós, decerto absorvemos e incorporámos estas referências, e somos hoje seres humanos debilitados de capacidades sociais e relaccionais.

Referências a animais (zoofilia!), morte deste tenra idade, abandono parental, e sexualidades diversas fizeram de nós seres traumatizados!
Será por tudo isto que eu sou bipolar? Da janela do meu quarto do Júlio de Matos, vejo tanta gente feliz (!?!?)...e eu? Já estava na hora de me trazerem o valium...

sábado, outubro 17, 2009

Quando o civismo bites back!

Toca-me o telemóvel e o zénite proporcionou-me o mais belo momento com...:

Eu -
Tou?
Voz - Raul?
Eu - É engano...
Voz - Desculpa meu, não atino co número...tou buéda energúme.
Eu - EnergúmeNO. - reiterei didacticamente com o apenso sufixo.
Voz - Não precisas d'ofender! - Atesta injuriado e desliga o tfone.


Isto é Maktub!...Eu mereço, não mereço?

sexta-feira, outubro 16, 2009

Bloggers contra a pobreza


Manifestamos que:

1. A pobreza e a exclusão social não são uma fatalidade, mas antes o resultado de um mundo injusto e desigual e não se resolvem apenas com sobras ou gestos de generosidade esporádica. As causas da pobreza e da exclusão social só podem ser eliminadas modificando os factores económicos, sociais e culturais que geram e perpetuam as condições favoráveis a elas. A pobreza é um atentado aos Direitos Humanos, que deve ser erradicada em todos os países;

2. A campanha Pobreza Zero luta contra as causas estruturais determinantes da pobreza e da exclusão social, e desafia as instituições e os processos que perpetuam a pobreza e a desigualdade no mundo. Trabalhamos pela defesa dos direitos humanos, pela equidade de género e pela justiça social;

3. O mundo em que vivemos é um mundo de abundância e nunca como hoje foi tão possível erradicar a pobreza – nunca houve tantos recursos financeiros e tecnológicos disponíveis que permitam erradicar para sempre a pobreza extrema do nosso planeta. Deve também reconhecer-se que a pobreza em Portugal, tal como a nível mundial, não é devida à falta de recursos. O problema reside no facto de a pobreza continuar a ser vista como uma questão periférica, pretensamente resolúvel por políticas e medidas periféricas e residuais;

4. Na nossa acção queremos pressionar os governos para que erradiquem a pobreza, diminuam drasticamente as desigualdades e alcancem os Objectivos de Desenvolvimento do Milénio.

Pedimos:

* Prestação pública de contas, governação justa e o respeito pelos direitos humanos;
* Justiça no comércio global;
* Aumento substancial na quantidade e na qualidade de ajuda (0,7% do RNB até 2015) e no financiamento para o desenvolvimento;
* O cancelamento de dívidas dos países mais pobres e de rendimento médio;
* A tomada de medidas politicas que visem a mitigação das alterações climáticas, de forma a que os países poluidores paguem os danos causados no meio ambiente;
* O apoio internacional à concretização de medidas de adaptação às alterações climáticas, nos países e comunidades mais vulneráveis, com recursos adicionais aos da ajuda pública ao desenvolvimento;
* O fim dos bloqueios culturais e comportamentais que a pobreza persistente gera nos pobres, comprometendo a sua capacidade de vencer a situação e de utilizar os meios postos ao seu dispor;
* Integrar, nas diferentes políticas públicas, objectivos, estratégias e instrumentos que visem a remoção das causas estruturais da pobreza e da exclusão;
* Promover a mudança de mentalidade dos não-pobres, superando preconceitos acerca da pobreza e suas causas e estimulando comportamentos mais solidários;
* Que a equidade de género seja reconhecida como elemento central na erradicação da pobreza.

Por isso agimos, mobilizando a sociedade civil, para que, unida nesta luta, pressione o governo português e as instituições poderosas para que:

» Incluam nas suas agendas o objectivo da erradicação da pobreza no mais curto período de tempo;

» Adoptem níveis salariais, pensões e prestações sociais mínimas que não fiquem aquém do limiar da pobreza e aumentem a eficácia e eficiência das transferências sociais e demais políticas sociais;

» Reduzam drasticamente as emissões de gases de efeito de estufa e proporcionem recursos adicionais (para além dos 0,7% do RNB) para o apoio a países em desenvolvimento;

» Acabem com os conflitos armados, ocupações, guerras e as violações sistemáticas dos direitos humanos que as acompanham, e trabalhem com vista à desmilitarização de modo a assegurar a paz e a segurança humana;

» Todos os governos prestem contas aos seus povos e tenham transparência no uso dos recursos públicos, desenvolvam estratégias anti-corrupção pró-activas e consistentes com as convenções internacionais;

» Protejam jurídica, física, social e economicamente os direitos das crianças, incluindo as crianças afectadas por conflitos e/ou catástrofes e carentes de acesso a serviços públicos de qualidade;

» Garantam o direito à informação e à liberdade de expressão, incluindo a liberdade de imprensa e de livre associação;

» Assegurem a participação da sociedade civil nos processos de orçamentação;

» Assegurem serviços públicos universais e de qualidade para todos (saúde, educação – incluindo a alfabetização de adultos – água e outros);

» Promovam regras de comércio internacional e políticas nacionais de comércio que assegurem modos de vida sustentáveis, os direitos das mulheres, crianças e povos indígenas, conduzindo à erradicação da pobreza;

» Garantam um aumento substancial na qualidade e na quantidade de recursos necessários para a erradicação da pobreza, a promoção da justiça social, a realização dos ODM, a equidade de género e a garantia dos direitos das crianças e dos jovens;

» Revertam a fuga de capitais dos países pobres para os países ricos, identifiquem e repatriem os activos roubados, por meio de acções contra paraísos fiscais, instituições financeiras, multinacionais e outros actores que facilitem esse processo.

Pretendemos mobilizar o máximo de pessoas possível, de modo a mostrar o poder da sociedade civil unida na luta por uma causa global e solidária. É preciso pôr um fim à pobreza. Juntos somos capazes de acabar com a pobreza!

Junta-te a nós!

Levanta-te durante o tempo desta música que agora toca e passa a palavra!

Quem aderir a esta iniciativa de propagar/bloggar esta mensagem, por favor informar a Ka para que a contagem dos bloggers contra a pobreza seja contabilizada.


quinta-feira, outubro 15, 2009

Carisma mata???

Errrrrr.....hum.....
Não sei bem como começar este post....

E não sei bem como confessar isto...mas... chego-me à frente compungido e cabisbaixo de lagrimita soçobrante no olho, qual Navegante da Lua....para assumir que se calhar também semi-matei os novos peixes que vieram substituir os finados outros....

Desta vez...para fugir de equívocos eléctricos e para ter a certeza de que não interferia com a oxigenação dos piquenos...usei uma ficha tripla....ficou então o filtro do ar ligado e tudo sem responsabilidades adicionais...pensei eu...

Prossegui ligando o teclado...e talentoso e sobretudo modesto lá comecei a dar aos punhos nas brancas e pretas e brindei a peixaria com Muse...ao som de United States of Eurasia

E novamente a meio da cantoria reparo que os peixes estão hirtos e de olhar apaticó-melancólico e todos estacionados no areal do aquário na minha direcção...

Para não cair no mesmo erro de achar que os ditos estavam em êxtase canoro com a minha habilidade musical e que se tinham detido no fundo para me prestar total e máxima atenção....continuei em pianíssimo...mas sempre de atalaia aos filhos do Poseidon.

Eis senão quando...dois deles, e aposto que de emoção, vêm à tona...sem reacção e ali pairam....!

Os outros quasi-comatosos no fundo estão...e desde então que não se mexem...! E desta vez não ouve cá quebras de oxigénio....

Algo improvável e estarrecedor trovejou no meu espírito...Será que estou a quinar os peixes com o meu tocar?

terça-feira, outubro 13, 2009

A Linda Reis ainda existe? Já agora quero saber...

Versão Extended - Para quem a leitura é um prazer!

Ao jantar com os Hydra-pais, eis que se abre a cancela à vocalidade da Hydra-mãe:


Hydra-mãe: A filha da M. juntou-se agora com um tal de J.! Diz que fuma imensas ganzas....concerteza conhece-lo!!!? - afirma categórica antes de se atafulhar em cenoura ralada.


Travando a garfada ante o toque ao lábio, arregalado de estupefacção soergo a cabeça e encaro-a no mastigar....aí...semi-cerro os olhos à Clint Eastwood e após a passagem do tufo no horizonte encaminhado pelo vento, disparo:


Eu: Tenho uma colega cuja mãe ganha a vida num bar de strip a dançar agarrada a um mastro...saberás decerto de quem falo?!


Levanta-me a sobrancelha esquerda de soslaio.... esbate o ar sério com um sorriso apagado como que a ressaltar o orgulho deste cachopo por ela criado e devolve:


Hydra-mãe:
Só pensei que pudessem ter andado na escola juntos....!


Lídimo retorto:

Eu: Pois eu tb....!


Faz-se uma pausa silenciosa...à qual eu corto o gelo com a elegância de um bísaro à solta numa loja da Vista Alegre...

Eu: Nunca mais ouvi falar da Linda Reis....

Morreu sozinho este momento!!!!

******************************

Eu que nunca fumei nadinha na minha vida!!!! Yes...I am THAT stupid!!!!


******************************


Versão Single - Para os jovens profissionais e donas de casa que não dispõem de muito tempo!

Hydra-mãe e Hydra-filho confraternizam em convívio gastronómico, reforçando os laços familiares e sociais, debatendo assuntos de gabarito nacional. Texto em prosa com recurso a explicitação de diálogo.


segunda-feira, outubro 12, 2009

Infantilidades

1 Infantilidade:

Este sábado à noite no Colombo...em várias lojas em que se vendem computadores e em vários andares...abri um browser em todos os PCs que pude com o hydra-blog e deixei-o on screen....alguém viu isto?



2 Infantilidade:



A palavra que falta é "Lisa"...

E por tal fica a homenagem ao Herman com:

- Como te chamas pequena?
- Lisa....Mona Lisa...
- Ergue a tua cabeça para o Sol

sábado, outubro 10, 2009

Ginecó-patetice

Hoje, a vadiar aqui na zona...aproveitando o facto de ser homeotérmico e ainda cash out no facto do Sol ter estado esplêndido...en passant fiz por escutar a conversa de duas mulheres vociferantes sentadas num banco de jardim....uma delas com o braço ao peito (A)...e a outra com um pé engessado (B)...

Passo então ao relato de dois excertos particularmente titilantes do diálogo alheio:


Mulher A -
Ahhhh, mas eu não...eu cá sou capricórnia...eu reajo muito mal a isso....!
Mulher B - Pois...mas eu sou gémea...e lá me calei...!


Mulher A - Já reparou nesta árvore emensa....isto deve tar aqui há mais de mil anos...!
Mulher B - Sem dúvida...uma árvore destas com este tronco... só pode ser milionária....!



Como hoje não tenho a demora nem a pertinácia de ataviar a vicissitude por aqui me fico ....é tudo a correr...sinto-me num episódio das Gilmore Girls...

sexta-feira, outubro 09, 2009

Afetos e exceções redundam em não felações...pelo menos comigo!

Na minha senda de léxicó-confirmação...fui consultar o Priberam....!

Totalmente debalde...! Por mais refresh que fizesse...o termo que queria jamais apareceu e o Priberam insistia em presentear-me com a palavra do dia!!!!

Que hoje é Felação!!!! Ora abaixo se veja um excerto do ecran e se leia o significado, para quem nunca leu o Diário da Maria...



Pessoalmente, acho a definição redutora....até porque eu já vivi na Suiça e uma pessoa tem de se distrair no meio das vacas nos Alpes...


Contudo, ó Priberam, eu agradeço sobejamente a sugestão...e desde já me disponibilizo para um um Blow Test Drive*....o meu número de tfone é 96 &/%($/$/$$/#....ai esta minha tosse sazonal....!!!


Mas o que me tirou mesmo do sério....for ver afetividade e exceção na caixa cinzenta de cima..... perdi logo a pica toda...

quinta-feira, outubro 08, 2009

Ictio-assassinato

Fiquei a saber da pior maneira que não se deve desligar o sistema de oxigenação do aquário nem por 5 minutos....

Coisa que fiz (durante muito mais de 5 minutos) para poder ligar a alimentação do teclado e tocar piano...!!!!

É que os c*brões dos peixes....morreram.....todos....!!!!

Eu bem os notei muito parados e esgazeados ao som do meu Bohemian Rhapsody....mas lá achei que me estavam a prestar a máxima atenção!!!!!! Afinal não!!!!


Isto é um Ictió-aborrecimento!!!!!

quarta-feira, outubro 07, 2009

Ai....particularidades e superioridade

Hoje é o primeiro dia do resto da minha vida...!

Pois hoje foi o dia em que descobri que sou sinestésico!!!!

Esta noite, já ninguém me cala....ah pois é!

Sinestésicos de Portugal, cheguem-se à frente....Somos tão melhores que os outros não somos?:p

terça-feira, outubro 06, 2009

Do outro lado do espelho...

Local: Parc Montbenon, Lausanne


Efeméride: Derradeiro almoço em Lausanne


Depois de uma temporada por demais afadigosa em que todo eu, exaurido me prostrava em qualquer canto abandonado...assomei carecido ao Parc Montbenon, para o meu rematado avistamento da paisagem Alpina...

Sentei-me defronte ao horizonte, firmando perpetuamente a linha de relevo nas minhas memórias....e detive-me no meu almoço.
Havia optado por uma sandwich em duas partes...uma com salmão fumado...e outra com atum...lá achei que precisava de peixe...

Sentado no muro de pedra, com os pézitos a abanar ao vento em movimento de ciclismo, alcanço a embalagem, puxo pela tarjecta de abertura fácil....e quase que soçobro com o aroma a entrefolhos femininos que se liberta das sandwiches...
Calma!!!!...As piquenas que não se insurjam...porque a minha Bond Girl favorita, é a Pussy Galore....!

Agarrei-me à pedra, assegurando o equilíbrio...e mergulhei no pexum.

Nisto, passa um vetusto casal por mim....chegam mais à frente e sentam-se num banco!...O senhor, numa mão...uma caixa de bolachas....na outra um saco....e ao redor da boca e queixo...kilos de migalhas acumulados pelo triturar das ditas....
A senhora, segurava uns óculos...
Mais nada haveria a dizer sobre este par...não fosse ela ter evocado a minha Língua e ter interpelado o marido com um sotaque carregado que não consegui colocar no mapa:

- Ouve lá...diz-se "cabo" ou "caibo"? Por exemplo...eu "cabo" ou "caibo" ali dentro?

Ao que o sénior lhe responde abespinhado entre golfadas de papa projectadas do acesso ao piloro:

- "Cabo" obviamente....! Tu não evoluis pá!...


Sorri...voltei ao meu almoço...e à minha vida...a que vivo, a que vivi...e a que viverei...
E até vislumbrei o Jabberwocky...

terça-feira, setembro 22, 2009

Petit rien

A propósito de uma das visitas institucionais que tive no blog...lembrei-me de uma colega que tive e dos anos que trabalhámos juntos nesse estaminé....

Recordo-me que essa minha colega, tinha uma senhora a dias que se chamava Orlanda...!
Recordo-me também de ela me dizer, que a tratavam sempre por Suércia!

Só não sei se lhe pagavam em Euros ou em Kronas?





PS - Pati, mas claro que me lembro do carbocação..então, dá uma chama linda!...Um dos meus top 3 de estupidez...qualquer dia tb partilho;)

domingo, setembro 20, 2009

1995-2000, o meu top 3 iníquo

Eu nem sempre sou um doce encantador de pessoa, educado e charmoso, galante e cavalheiro...
Por detrás deste sorriso aberto e convidativo ao incauto, bate um coração bestial, e laivos de trapacice golfam nas minhas artérias...e quando o Riso toma conta de mim, Baco transfigura-me e sou instrumento da iniquidade...

Após uma noite contemplativa pela varanda da minha memória de olhos postos no horizonte pretérito, aqui fica o Top 3, dos meus piores momentos (ou melhores...errr...) durante os anos universitários:


1- 1º jantar de confraternização da faculdade....Fiquei sentado em frente a quem teria sido uma companhia e amiga extraordinaire pelos anos de estudo fora.... nessa noite fomos parceiros no crime...e qual Bonnie and Clyde, enchemos os bolsos dos casacos apoiados nas cadeiras dos colegas sentados ao nosso lado, com bocados de pão e mãos cheias de migalhas...enquanto escondíamos talheres nas bolsas das raparigas....
No dia seguinte, o tema de conversa do curso, era o facto de ninguém compreender porque razão tinham levado para casa, garfos e facas e amontoados de pão nos bolsos...

2- Ir com a Anita e outros colegas rua abaixo, após um almoço na cantina do Lumiar....e num acesso impetuoso, recuar e lançar mãozinha ao rabito da Anita e zás...apalpão naqueles glúteos esculpidos...!
Numa fracção de segundo retomei a posição inicial disfarçando o meu acto, e furiosa, a Anita vira-se surpresa e decidida, e esbofeteia estentoreamente uma infeliz criança que por azar seguia na nossa rectaguarda, acusando-a do feito e dando-lhe uma lição de moral .... o pobre miúdo nem percebeu o que lhe aconteceu e o porquê....
Estarreci e temi pela minha visage!

3- Ter aproveitado o facto da minha amiga Pati, ter desleixado a atenção à sua área pessoal no sistema de computadores da faculdade...ter entrado nas opções do seu programa de email, e ter substituído o nome dela por "Estúpida". Com a risada antecipada, esqueci-me de todo de a avisar atempadamente da gracita cometida....só me lembrei muito mais tarde, quando fui obrigado a fugir da Pati, corredores afora.
A razão?...Naquele dia, um professor de Bioquímica num anfiteatro repleto, teria indagado em alta voz, quem fora a Estúpida que lhe tinha escrito!!!!


Orgulhoso? Não....! Arrependido?....eeerrrrrr....um pouco!....
Mudaria algo?....I would do it slightly differently though....


Pati, isto foi sobejamente discutido na altura, e o teu perdão livrou-me do cadafalso da minha consciência....contudo, se ainda achares que mereço castigo....que tal enviares daí um Skarsgård, para umas acções correctivas????

sexta-feira, setembro 18, 2009

Eu, política...jamé!

Desabafo virginiano após ver o telejornal na RTPi:

Nunca eu poderia ser político....não por falta de palavras, gestos dramáticos brandidos na direcção dos esgazeados, ou capacidade magnífica para o escândalo....mas apenas porque JAMAIS eu seria capaz de beijar mil e uma caras variadas em campanha...

Eu sei lá, onde é que aquelas pessoas andaram a focinhar...com a boca....como lavam...e SE lavam a cara....quem cumprimentaram antes...Se fizeram sexo oral...e a quem...se ousaram desinfectar o bocal...

E apertares de mão????.....canojo.....eu sei lá, o que é que aquelas mãos abanaram antes...e se viram água....!!!!

Aquela gente não tem medo de apanhar a gripe?

A mim ninguém me toca sem se borrifar previamente com litros de etanol!

Pffffff

quarta-feira, setembro 16, 2009

Ai...fosse eu....simples e empreendedor

2 momentos alusivos a uma situação que estou a passar e que requer muita paciência e muito lidar com muitas pessoas....tem sido um corropio de gente a entrar e a sair aqui de casa entre hoje e ontem....

-Ataque de Raiva

Passo-me com pessoas francó-fonas/filas/grafas que me dizem à boca cheia que sabem falar Inglês e que depois se dirigem a mim continuamente como se fossem o Polícia do 'Allo 'Allo.....Parem com isso...amiguinhos como dantes....lá pro quartel d'Abrantes!


-Momento Helénico pelo poço abaixo:

Acabou de sair um Grego daqui....quando me perguntou donde é que eu era...respondi-lhe com orgulho:
- από την Πορτογαλία (Apó tin Portogalía)!
Achei que fosse ficar extasiado com a minha dedicação e que reagisse qual Maria José Nogueira Pinto perante o conceito normal de núcleo familiar.....mas reagiu normalissimamente....blasé até diria....
Sabes que mais oh Grego....Kalimera pra ti tb!!!!!


Face a realidade da situação...quer-se-me cá parecer, que este modus vivendi daria bastante dinheiro...já estou a pensar em expansão....com escaparates de "Hydra atende casais...massagens...Hydra vai a casa....!"....

Mas....vai com calma Pacheco...canso-me com facilidade....e não tenho a flexibilidade de um circense Mongol!!!!!


Update:

Saiu daqui agora uma Espanhola (Ficam a saber que a minha dislexia me fez escrever primeiro Espalhona!) felicíssima e a primeira do lado do vento e do casamento com quem mais falei até hoje....simpatiquíssima....e falámos em Ibérico e tudo se entendeu!!!!....Saiu satisfeita e acalorada!!!! Pudera... bom de mãos como sou*!



* Geralmente, quem muito fala....pouco entala...mas não é o caso!

domingo, setembro 13, 2009

Pérolas a porquinhos de Valhalla

Na Sexta-Feira transacta (facto "anglofilamente" irónico como verão*)...num momento fugidio e completamente evitado pelo desconforto que desencadeou, foi-me introduzida em contexto laboral uma colega de métier oriunda doutras pastagens....

Estendeu-me a mão austera e ferozmente e apresentou-se como Freya....!

Rapidamente com um sorriso aberto e imaginação cavalgante, lhe perguntei se tinha um irmão chamado Thor....!!!! Culminando o que achei ser um brilhante momento, culturalmente abrangente, com uma gargalhada rematadora.

Ao que me responde vítrea, imune e inanimada qual Dr. Temperance "Bones":
- I don't know what that means....!...

Com o ar vazio e inane da rapariga defronte, mais o olhar desmaiado da comitiva apensa perante o resvalar da minha pérola de sagesse, levei tamanhas rodas de estúpido que lentamente fechei a boca a esconder os dentes, num fugaz segundo que me pareceu eternidades...

Não obstante e satisfeito, ainda cortei o silêncio constrangedor arriscando incrédulo qual Seinfeld:
-Really??? Freya, Thor....nothing?...And I don't suppose you think it´s quite a coincidence it's Friday* today...right?

Senti-a dar um passo atrás, como se me temesse e qual louco carregasse sobre ela em desvario....!

........ ......... .......... ...........

Eu realmente podia e se calhar devia passar mais tempo calado....senão serei sempre uma bola no meio dos quadrados....

quinta-feira, setembro 10, 2009

Desafio....?

"2 galinhas, a Olga e a Célia, vão a passear na rua....uma delas come um primeiro grão de milho e quando come o segundo, as duas galinhas "a"rrebentam completamente"


Que filme é este??? Alguém sabe o nome desta epopeia da 7ma arte?



(Lembrei-me disto hoje, e tenho andado a rir pelos cantos com tal!)

Individual(mente)....é isso mesmo....;)

Dois milho e bum, Olga e Célia no Espaço!!!! Essa fenomenal adaptação do Kubrik (Yawn!!!!)

terça-feira, setembro 08, 2009

Zarzuela em vários actos!

Acto 1 - Setting the scene

-Fui a um escritório alheio de uma colaboradora buscar uma papelada extra.
-Tive necessidade de alcançar essa papelada na prateleira ínfima e inferior de uma estante.
-Ao retroceder e soerguer-me fiz a rotação de calcanhar mais estúpida e descentrada à gravidade e acabei por bater com a testa na aresta de um móvel anexo.
-Sabendo que ali ninguém me entende suspirei um sentido e profuso "f*dª-se"!
-Levei a mão à testa, premi para avaliar e aliviar....
-Fiquei com uma marca vermelha e ligeiramente em relevo no centro do frontispício...equidistante às orelhas.
-Quando me senti capaz de de cortar o silêncio que se tinha feito em torno do evento, voltei-me à multidão o mais naturalmente possível....


Acto 2 - A ofensa

- AH AH AH! Look everyone....a unicorn!!!!! - Gritou a colaboradora sem réstia de compostura ou compreensão apontando para a minha fachada em desfalque!


Acto 3 - A contra-ofensa

- AH AH AH! Look everyone....a Virgin!!!!! - Ripostei de dedo espetado na direcção da iníqua, com a primeira coisa que me saltou ao pensamento em defesa própria...! Saí de um buraco para me enfiar noutro...


Acto 4 - Contrição?

Uhhhhh....! - Deteve-se a tipa...surpresa e em choque.... - You don't need to get sensitive...everyone knows you're not a unicorn!....

Ao que respondi, com uma mão no frontal e outra na papelada:
-Likewise, my dear one....everyone knows you're not a virgin!


Acto final - Happily ever after

- Touchy....! - Defende-se de lábios entortados e olhar esquivo...
- Rather touchy than heavily touched....! - Rematei qual Rudolf abrindo caminho na escuridão do bréu...


Genérico final

E continuo sempre a achar que é um gosto e um privilégio poder conviver comigo...

domingo, setembro 06, 2009

Eu e o Annapurnazito

Sem qualquer comentário!!!!

sábado, setembro 05, 2009

Was it all worth it?

5 Setembro 1946



"Tomorrow, God knows just where I'll be..... Tomorrow....who knows just what's in store for me..."

sexta-feira, setembro 04, 2009

Dermatologia meets Carl Jung

Recomenda-me a Dina, a minha cabeleireira aqui no burgo imortalizado pela Celine Dion, um dermatologista de donaire, que a cútis cá do garçon, sempre em aprumo se deve manter...

Ora pois bem!!!!...De estaleca na mão direita, e telefone na esquerda, eis que marco com vigor o telefone do médico e esgazeio os olhos pelo recorte Alpino embalado ao som de chamada em linha...

Atende-me do outro lado, um voz cava e roufenha e num suspiro arrastado anuncia o nome e consultório...

Quando tive a oportunidade de me entalar no seu discurso monocórdico de garrafão, interrompi-o, passei a conversa para Inglês e encetámos o apalavrar da consulta, o dia, a hora e o local exacto do estaminé, para retocar a angelical epiderme aqui do petiz...
Estava mesmo quase quase...na recta final do falatório.... quando me ocorre algo impensável mas que se revelou fulcral ao desenrolar do intuito....e indago-lhe titubeante:

- Just to confirm...you are a dermatologist, right?

Ao que ele retoma do outro lado, com o ar confuso de Josefina ao ver Napoleão despido:
- Dermatologist???....No....I'm a psychiatrist!!!!! ....

Naquele instante de choque em micro-segundos, hostes querubínicas desceram sobre a minha mente de alaúde em riste...e tão divinal foi a melodia que acompanhou a imagem que se firmou no meu pensamento....

Seria o Universo a dar-me um sinal?
Vi caixas de calmantes....Prozac aos kilos...Lexotan à discrição....Valium a jorrar dos céus numa calma sem cessar...Vi Vestais desnudas espalhando Xanax à mão de Zéfiro....
Vi a resposta a todos os meus problemas, aos maiores e aos menores, às neuroses e às implicações...aos atavismos e ao stress....e corri em câmera lenta e cena difusa por vales e montanhas de comprimidos e princípios activos....Foi hidromel sereno de trazer soçobrado à Terra o mais belicoso Titã...

Um bater de porta na sala adjacente trouxe-me de volta ao planeta...as sereias silenciaram lentamente.... agarrei consciência ao mundo do qual tinha sido arrancado involuntariamente...e recusei a especialidade.....era dermatologia mesmo que queria...

Quando voltar à Dina...vou-lhe perguntar quem é o médico dela da caixa geral....a Lagarta Azul????

quarta-feira, julho 15, 2009

Quem diz o que quer....

Parece que estou no Equador....São Francisco de Quito bem veio abençoar este clima Helvético pseudo-priveligiado. A canícula está por demais...! Por vezes o céu tolda e as nuvens engolfam helios e a chuva cai como se não houvesse amanhã....e ao mesmo tempo nos termómetros, hidrargírio corre ao lado da Manuela Bravo....

Pois bem....saia eu de um metro, quente e transpirado que nem a feira da ladra no estio, quando intercedo alguém no caminho, que jamais imaginaria aqui neste lado do mundo....
Alguém que não via desde os tempos de faculdade... alguém com quem nunca troquei uma palavra nesse então, dada a arrogância e superioridade jerárquica exsudadas no seu deambular....e alguém hoje, 300 kilos mais pesado que a imagem de outrora...

Como nunca houve sequer um "bom dia" ou um sorriso de passagem entre nós, reparei nele, mas não o acusei com o olhar e continuei o meu caminho...
Contudo, esse meu antigo colega, achou por bem tantos anos depois estrear a palavra e interpelar-me....e ofender-me no encalço com visível desdém ordinário....

- Mas que bem...cabelinho à fod*-se....e essa franja, um bom ano para a Panténe, não?

O meu mundo parou de girar, perante a voracidade ofensiva do comentário e a surpresa do interpelo.

Indeciso entre mandá-lo à linha do metro ou devolver-lhe a simpatia proferida, sondei-o de língua afiada e retorqui nos mesmos moldes:

- Mas que bem...excesso de peso... e esses pneus, um bom ano para a Pirelli, não?


E depois, sorrindo exageradamente que nem um querubim de harpa na mão...desferi-lhe o golpe fatal com a harpa pela cabeça abaixo:

-Tantos anos sem me dirigir uma única palavra em Portugal, escusavas de levar o que contar aqui na Suiça....não?


Afastei-me serodiamente no ar orvalhado e cálido...