segunda-feira, julho 07, 2008

Até no desterro me tentam!

Expletivo inicial:
Há quem me chame implicativo...eu prefiro cioso....!

Há quem diga que tenho má língua...eu prefiro dotado de acutilante sentido crítico...

Seja como for.... não me lixem....não me provoquem....

Não me desequilibrem o Chi!!!!


Tomo I:

Suspira-me a Hydra-mãe ao telefone um desejo ímpeto por pizza...até aqui tudo bem...a César o que é de César e à Hydra-mãe o que dela é...Confessa-me ela o salivar insípido que lhe advém do pensamento do agridoce cruzado a ananás e fiambre nas papilas...

Ora não sendo ela tão fina flor culinária aqui como o filho, que domina a arte de fazer pizzas e muito bem, diga-se en passant (gaba-te cesto...)...aligeiro-lhe o conselho da Telepizza...!

Sugestão aceite leve e afoitadamente e ainda me roga a madre ao telefone que lhe seja EU a encomendar a pizza....não sem antes de me pespegar de fio a pavio tal e qual como a pizza do desejo lhe deveria ser entregue...

Hydra-mãe que até ao longe me exasperas a cútis!


Tomo II:

Contrafeito pelo indizível da situação....e a 1000 milhas de distância da Telepizza mais próxima, ligo o Skype, e digito o número facultado pelo google...

Prossegue o toque do telefonar.. conserto o microfone no colarinho...ajeito a poupa ao compasso do toque...coço o canto direito da boca e aguardo em linha...enquanto o enfado da situação em que me meti me acomete e desconcerta...


Num ápice, atende-me do outro lado uma voz elevada e enérgica como se estivesse charrada com chamon e bebida em Perignon....e perfura-me os tímpanos com:


- Telepizza, boa noitJe, fala Fabíola, em que posso ajudar...


Apatetei-me momentaneamente, como quem se engana no número e esquadrinhei o Skype na vã confirmação de que tinha digitado o 00351 de Portugal....

Simultaneamente ao bater da realidade, e naquele vórtice de silêncio feito no vácuo da ligação, juro que ouvi a tal árvore do Confúcio cair no bosque onde não está ninguém...


- Oi? – Volta-me a incauta Brasileira na linha!


“Deus me ajude e me dê calma neste vale de provocação....!” – Pensei eu de pupilas coladas ao céu das órbitas, no micro-segundo que me separou da minha fala...


Ainda não tinha eu feito o ponto final da praxe que se segue a descrição do pedido minucioso...e atalha-me a Fabíola com uma pergunta, que possivelmente lhe provocará 10 anos de psicoterapia:


- ‘Ocê tem cadastro?


Estaquei apático-estúpido com a indagação, e apesar de tantos anos de convivência com o Rubens de Falco e a Suzana Vieira que me esclareceram ao teor da pergunta, optei ligeiro e Português pelo retorno estafermo e implicativo e retruquei mavioso:


- Sim tenho! 2 anos em Caxias e 6 meses de estágio no Linhó!É pouco tempo eu sei...saí por bom comportamento! Ah claro mais os 4 anos de exílio em França...ai o Regime...tss tss!


- ‘Ocê está falando o quê senhor! – Retorta-me no gerúndio, desconhecendo que tal tempo verbal ainda me acirra mais a psique!!!!


- Eu estou a falar Português!!!! E você? – Respondo natural com garbo do alto do padrão dos descobrimentos...


- Mas‘ocê quer uma pizza? – Desvia-me a rapariga o diálogo, mais confusa que a Lena d’Água no jogo do galo...


- Sim queria, você é que perguntou soubre a minha vida presidiária! – E descanso os cotovelos na mesa suportando as costas tensas do subterfúgio, apoiando o queixo nas costas das mãos entrelaçadas...



Tomo III:

(...) Entretanto achei por bem esclarecê-la, pobre alma luso-brasileira no limiar das fronteiras nacionalistas, da diferença entre os significados díspares da palavra “cadastro” nos dois Países...


Desordenada nos pensamentos e equivocada na viva voz, desculpa-se a Fabíola pseudo-esclarecida pela minha explicação enobrecida e avança:


- Peço desculpa senhor, sou nova aqui, ainda não tive formação! A culpa é do meu gerente! – sacudindo a água do capote!


De arma verbal em riste na língua replico:


- O seu gerente chama-se Pedro Álvares Cabral?

- Não! – Tímida e leve na resposta!

- Então a culpa não é dele!!!!!


Tomo IV:

Que seja óbvio que nada tenho contra de quem de outra nacionalidade é....sou é Patriota na minha língua, e no meu País EXIJO que não se malsine aquilo que de mais precioso e nosso é!

38 Reacções:

Arion disse...

Brilhante, como é costume. Mas é por essas e por outras que eu sou contra estes acordos ortográficos que tentam espartilhar à força algo que sempre evoluirá independentemente da vontade de políticos e outros gurmetes (esta foi de propósito ;)): a língua. Deixem lá o português do Brasil caminhar para onde tiver que ir, tal como o Latim da margem ocidental da Península Ibérica evoluiu como evoluiu! Quanto à pizza, tu tens mais paciência para a tua mãe do que eu tenho para a minha! Abracinhos! ;)

Nuno T disse...

Hydra, tás de volta pá!
Bons olhos tenham o prazer de te ler novamente (sempre com um dicionário à mão, se possível!) :D

Pelo teu post, devo então concluir que és totalmente a favor do acordo ortográfico! lol

E para chatear ainda mais, apanhaste uma do nordeste! "Oi?"
Ai esse pessoal das terras de Vera Cruz...!

Abraço!

Angelo disse...

VoltasteS e voltateS muito bem, como não poderia deixar de ser!

A mim enerva-me aquele "senhô" nos restaurantes e cafés...
E fiquei a pensar o que ia na cabecita da moça quando lhe atiraste com aqueles nomes lindos que ela desconhecia! Para a próxima tens que dizer qualquer coisa do género "4 anos no Presídio de Jacarepaguá, 6 meses em Xiripipi e 1 ano na solitária em Ronhonhó!"!

Gi disse...

Não és só tu que soltas gargalhadas, também eu as solto por aqui.
Gargalhadas saudosas!
E não é que agora me estava mesmo a apetecer uma pizza da telepizza?

Socrates daSilva disse...

Que bom regresso! Vivam as pizzas!
Abraço

Paula disse...

Hydra-Pizzamen! Já tinha saudades tuas!
A ver vamos, se não nos vão começar a corrigir é a nós, se o dito (des)acordo ortográfico realmente vier aí...
:)
Bjs!

susy claro disse...

Bem-vindo!! Finalmente!!

Adorei o post!! Está o máximo!

Bjs

Rita disse...

Bem-vindo Hydrafrend que me fazes rir como ninguém. Tinha muitas saudades dos teus Hydraposts que tão bem disposta me deixam.
Partia-me a rir se o chefe da Fabíola se chamasse Pedro aí é que era a puta da confusão na cabeça de nordestina...
Jokas

mik@ disse...

olaaaaaaaaaaaaaaaaaa master querido :)
tu és implicativo pá! mas eu... eu que trabalhei na telepizza não atendi o telefone sem eles me explicarem o que tinha de fazer. aliás eu fugia do telefone, mas um dia tive o tempo todo de serviço ao telefone n1 e a coisa deu-se... ahahah a tua hydra-mãe também tem cá uma lata... ihihihi

bjocas

João disse...

Olá primo.
Já sentia saudades das histórias mirabolantes.
Abraço

Ophiuchus disse...

Oi?!

(pois, quando não percebem, é a interjeição constante)

Bom Cadastro, o teu!

pinguim disse...

É bom reler-te de novo; e principalmente que continuas com a acutilância verbal que é tua característica de marca e que nos provoca risos, sempre...
Ah, a empregada só poderia chamar-se Fabíola esse nome estranho de uma romana escrava e de uma rainha triste...
Abração.

Gi disse...

Hydra desafio a SER CUMPRIDO no meu blogue, percebes?

Telak disse...

implicativo "PAH"!

como está o tempo ai 'pas' 'englands'?

Catatau disse...

Cara, ocê nem imagêna o qui eu mi ri e ainda m'istou - cá vai - riêndo!

A do Pedro Àlvares Cabral é de mestre: ele descobriu o Brasil e eles acharam (como gostam de dizer) a Caparica.

Olá!! disse...

Acabei de ligar para a TelePizza, mas foi um "tuguérrimo" Luis que me atendeu, nada a questionar no atendimento...

Estava com saudades de dar umas estrondosas gargalhadas e salpicar de perdigotos o ecran aberto na tua página.

Beijossssssssss

Teresa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Teresa disse...

Hydra, hydra, my beloved friend!!!! You´re back! And better then ever I'm afraid!!! "Deus me ajude e me dê calma neste vale de provocação....!”
e a magnífica tirada que irá ficar nos anais da história:
"- O seu gerente chama-se Pedro Álvares Cabral?
- Não! – Tímida e leve na resposta!
- Então a culpa não é dele!!!!!"

Ruca! disse...

és um poeta!
adorei a da lena d'àgua e essa ultima resposta foi mesmo à dr.house.

epá, e ouvi dizer que o verão em inglaterra foi uma 5ª feira. é verdades? assim o big phil vem-se já embora.

abraço.

sp disse...

:)

UM ABRAÇO...

Maga disse...

"oxente" hydra! voltaste com a pica toda!
apoiado, sim senhor! mais um motivo para não ligar à telepizza.
beijinho*

Paulo disse...

ó gajo cioso, que saudades! e ficas irritado com tão pouco, confessa lá que não percebeste a menina, ó mau feitio! Apetece-me dar uns vivas ao acordo ortográfico, mas fica para outra altura! lol (quando estiveres mais próximo e menos cioso...).

um abraço!

medusasss disse...

Ai tens cadastro tens, que eu já te vi as algemas! lololol (souvenir da lojinha de lembranças da instituição prisional de caxias ou prémio de bom comportamento?)

Ah Hydra-friend, isto aqui sem ti não tem piadinha alguma...

Besitos!

Kapitão Kaus disse...

LOOOOOOOOOOOOOOL

My Hydra-Friend:)
De facto, até a 1000 milhas de distância a Fabíola não deixa de te tentar:)

(O que eu me ri com esta tua história!)

AG:)
KKF

Restelo disse...

1 mês, quase 1 mês de interregno!! Não há direito!! Vá lá que o post é fantasticamente bom maravilhoso, sublime mas crítico e tudo e tudo e tudo!!

Graduated Fool disse...

Homem, venha mas é visitar-me a Portugal. Miss you, man.

Olha, dia 3 de Setembro faço escala em Heathrow vindo de Amesterdão.

Umabel disse...

Eles não te tentam... acho que te enganaste... eles atentam-te... e quando eles vêm com 1 bomba levam de volta 5... rsrs

Tu és demais... nem longe!!

Beijinhos carinhosos com abracitos a mistura

JoaoR disse...

Hydra!!! Há Qu'anos que não passava aqui. Tenho de ver o que aí tens :P

Anónimo disse...

tanta mania...

lu disse...

Q saudades! Mas q bom reencontrar-te tão acutilante como antes! Desaparecido mas reencontrado, hein? Bem-haja a Telepizza por te ter dado motivo p regressar ao éter electrónico!
Que mais episódios tens na manga p os próximos capítulos??

jinhos, L

fj disse...

ah my friend
um forte abraço!
fizeste-me rir do principio ao final do post!

gostei desta :
- sou é Patriota na minha língua, e no meu País EXIJO que não se malsine aquilo que de mais precioso e nosso é!

100por100to de acordo ctg
(desc as abreviaturas, manias minhas ;)

Cabra Expiatória disse...

Nossa, 'cê tá riáumentxi dánádaum com éssáh môçá, hein? Charradão com Perrinhão? Cuidádo com iss, môço! Fórrtxinho, nãum?.


Já te disse que és um cabra divinal? Que me aguças o espírito! Espectacular!!!


Capro-jinho, meu amigo!

Pearl disse...

Hydra-brother:
Saudades...muitas saudades, é o que me ocorre dizer...
Das tuas hilariantes palavras, do teu sentido critico, da tua forma de estar...
Não nos maltrates mais com ausências prolongadas, ok?

Quanto ao post: a Hydra-Mãe consegue ser muito parecida com a Pearl-Mãe, até nos ingredientes da pizza, tanto quanto nas chamadas internacionais para feitos básicos...
A da Lena D'Água foi muito bem apanhada, e adorei esta descrição: "E descanso os cotovelos na mesa suportando as costas tensas do subterfúgio, apoiando o queixo nas costas das mãos entrelaçadas..."

Como sempre: Excelente!!!
A minha vénia (quase toco com a testa no chão!)

Beijinho grande grande!
:o)))***

wednesday disse...

loll:)

Tão delicioso de ler e tão cheio de verdades. Continua a encher-nos o dia de alegria.

Gata Verde disse...

Para quando outra história divertida???

bom fds

Pythea disse...

Bom deixando a história do patriotismo para outro momento (dava cà uma discussão), finalemente, a pizza, comeu-se ou não? Deu-me cà uma fome...jà volto!

B'jocas!!!

Anita :) disse...

óh meu trenguito...eu já tinha comentado isto e, só hoje é que reparei que o meu comentário não ficou gravado...humpfff...maldito bogger...
sempre com as tuas aventuras tão engraçadas:))) tens é que aparecer mais vezes:)))
um beijinho bem grande para ti:)))

vsuzano disse...

isso são coisas do acordo urografico....

os brasileiros dão o corpinho....e nós observamos as anormalidades deles....

abraço