terça-feira, maio 20, 2008

"À procura do tempo perdido" - Hydra Proust

Volume I - When they met...!

Este fim de semana que passou viu-me sair à noite na companhia de amigos conhecidos e outros a conhecer...

Lá me esforcei por me dar um ar Britânico e passar por autóctone...cabelo com clay, esticado a dar aquele ar desalinhado out of bed, mas mantendo um rigor elegante... ar quasi-aborrecido de quem já viveu tudo isto há 2 vidas atrás... e um olhar semi-cerrado a projectar enfartamento social...
Só me recusei a rebaixar as calças abaixo do nível dos glúteos, porque tenho princípios....e sinceramente mais depressa me apanhavam com chumaços, mas os anos 80 JÁ-LÁ-VÃO...!!!

Ao longe, no encalço da matilha, vinha uma rapariga vistosa e até bem bonita, esculpida em forma e em cores à lá Debbie Harry...chamava-se Sally...
Ora a Sally vinha já meio tocada...que é como quem diz, a passos largos na avenida da bebida!...
E à medida que se assomava ao grupo, trocando os pés nos seus enormes saltos altos, emitia notas guturais e dissonantes nada melódicas em catadupa, como se a sua vida tivesse sido tocada por um anjo...um anjo fugido da Clínica Betty Ford!...

Estaca em proximidade, fecha os olhos, sobe os ombros, junta os pulsos no ar e emite dois finais guinchos como que a rematar a cantoria, e como eu lhe devo ter chamado a atenção, vira-se para mim e profere:
- Do you like my singing?

Articulei com desenvoltura e meia sobrancelha esquerda no ar:
- Is it what that was? I thought it was a peasant skinning a cat!....

Olhou-me de modo baço, perdeu ar pela boca enquanto ondulava a cabeça, sorriu e esqueceu-se completamente do momento e miscigenou-se no grupo...

Ainda a ouvimos a dizer a outrém:
-Do you like my mini-skirt?

Voltei-me para um amigo e mordi:
- Skirt? I call that a belt!!!

Ora eu, não tenho paciência para quem bebe assim...ainda menos paciência tenho para quem tem ataques de identificação e complexos existencialistas em modo inebriado...a ainda por cima, uma rapariga tão bonita e tão ensopada no etanol às 21 horas...lamentável!!!!

Lá seguimos nós, rumo à peregrinação dos destinos e a noite continuou em paródia máxima...


Volume II - When they go separate ways...!

No retornar a casa, dividiu-se a malta por vários táxis para partilhar a corrida e o dinheiro...
E quem me calha no meu táxi? Ora nem mais...a Whinehouse do grupo...Sally!

Muito calada e circunspecta, focando séria um infinito, segue a Sally viagem oscilando ao sabor dos movimentos do táxi...eis senão quando, começa aos berros a pedir para parar, porque se sente mal, precisa de ar e de vomitar...
Decisão sábia a de travar a emissão interior, pois dentro de um táxi no UK, dá direito a multa...

Trava o táxi repentinamente e todos nós caímos por cima uns dos outros, como se estivéssemos numa camioneta Sul Americana a cruzar os Andes cada um com a sua galinha...e salta a Sally do interior e desaparece no virar da esquina...

Passam 5 minutos....passam 10....passam 15 minutos...e como a conversa de ocasião de espera já tremendamente me aborrecia, e principalmente porque o taxímetro cavalgava na escuridão da noite....arrisco perguntar pela Sally, já que por causa dela ali estávamos nós...e da menina ainda nada....

Saímos do táxi na demanda da alcoólica juvenil e preocupados dobrámos a esquina afoitos e deparámos com um espectáculo consternador, mas pouco para mim surpreendente!...

Encostada a um muro semi-caída, por detrás de uma sebe, com as cuecas e a mini-skirt pelos tornozelos, jazia a Sally adormecida, perdida de bêbada, de rabo exposto às ervas daninhas, com uma poça de vomitado na sua frente a raiar os pés... Os sapatos desirmanados longe a dois pontos cardeais, davam o ponto final à cena!...

O orgulho de uma mãe....suspirei!

Lamentei a foto não tirada e o tfone que me ficou em casa...
Am I bovvered????? I am indeed!!!

44 Reacções:

pinguim disse...

"Adoro" mulheres ébrias...deve ser a única ocasião em que me sinto misógeno; um homem bêbado, embora incómodo, acho normal, enfim...Uma mulher, acho verdaeiramente feio, sei que a culpa é minha, mas que devo fazer?
Hydra abraço e um beijo à Camila, se a vires por aí (estou com saudades de éguas...)

Catatau disse...

Há duas espécies de mulheres que detesto: as que nunca bebem e as que não sabem beber (olha, já nem sei quem disse isto, mas assino de cruz).
A peripécia ganha um ar cómico pelas tuas palavras. Imaginar um "fólen'eingél" com uma nortada do tamanho de uma procissão é uma coisa, contado por ti é uma novela! :)))

Graphic_Diary disse...

Lêr as tuas aventuras, aqui ou nas terras de Sua Majestade, são sempre um deleite. Começam num esgar de risota e terminam sempre na diversão total.
Quanto à Sally, desejo-lhe as melhoras!
Um abraço

Arion disse...

Sejam homens, sejam mulheres, acho a acção de beber até cair perfeitamente autodestrutiva! Nunca me deu vontade de rir. Apenas me questiono qual será a incomportável angústia que os leva a procurar aquela forma de fuga, acrescida da chamada de atenção aos outros quando tal é feito perto de outras pessoas. Quando voltamos a sair apenas digo: "se estás a pensar dar aquele triste espectáculo outra vez para os outros gozarem contigo, desde já te digo que não voltas a sair comigo". Foi precisamente o que me disseram a mim há muitos anos atrás, tinha eu 17 anos, após a 1ª - e única - grande bebedeira da minha vida, e graças à qual ainda hoje o cheiro do whiskey me dá vómitos. Ainda hoje sou amigo dessa pessoa!

Teresa disse...

TÁ DEMAIS!!!!!!!! I LOVE YOU, I LOVE YOU, I LOVE YOU!!!!!!!

Nogs disse...

Ena! tu tens um dom para encontrar e contar histórias hilariantes.

Essa Sally conseguiu, definitivamente, ser a rainha da noite:P

Não passou despercebida, nem ela nem a sua mini-saia, nem os copos que bebeu:P


Beijocas



Desta vez acho que não há ERRATAS mas fica uma nota devido à comichão que o pinguim me causou:

Tão feio como uma mulher ou homem bêbados ao ponto de não terem noção daquilo que fazem são comentários demasiado machistas. Talvez fosse feminismo demais da minha parte dizer-lhe que se é mais normal ver um homem a fazer figuras estúpidas bêbado é porque as mulheres são munidas de uma maior sensatez e, geralmente, param de beber antes que isso aconteça...)

wednesday disse...

Bebeda às 21h só mesmo na hora britânica... Não é preciso foto, aliás, eu até prefiro sem foto, já que a imagem é tão nojenta... lol

medusasss disse...

Ah Hydra-friend... que experiência horrorosa!
Eu bêbados? Nem eu quanto mais os outros!!!
***

João disse...

Carissimo primo. Já estranhava o seu desaparecimento. É impressão minha ou isso é uma cena tipicamente Bristish?. A ideia que tenho das vezes que lá estive e esta. Pelo menos a Sally era bonita :)

Angelo disse...

Estou que nao posso! AH AH!

>> nim disse...

desta vez não vou comentar o post em si (brilhante, como sempre). vou aproveitar este espaço para esclarecer uma dúvida:

o que significam os 'Hg!' nos teus links?

andré 'cusco' penim, muito prazer :)

abraço pedigree!

DEON disse...

Porque será que quando vejo um piano me lembro deste blog?!
Anyway, aqui tens: Aqui! ...enjoy!

Arion disse...

'Tá visto que não fui só eu a ficar intrigado com os mercúrios (Hg)...

Paula disse...

Ó Hydrita!
Só te calham cromos na caderneta! Ou cromas, neste caso!
Deve ter sido um verdadeiro show, essa Sally!
:)
Bjs!

Cabra Expiatória disse...

Pois é, my friend... são essas as meninas que dão o bom nome ao meu género... Porreiro! Já viste? Sai-te uma Winehouse do taxi para ir mostrar o rabinho às estrelas e nem sequer avisa a malta...


tristeza....

Mas, aparte a minha RAIVA pelas pessoas que não se dão ao respeito, devo dizer que...


mais uma vez, ADOREI a narrativa, meu caro príncipe britânico. Adorei e tinha imensas saudades de te ler!!!

Capro-jinhos!!

***

vsuzano disse...

quanto mais se bebe .... mais existe a probabilidade de fazer figuras muito tristes ...pricipalmente com esse tipo de vestimentas...


eu já as fiz, mas felizmente foi noutros tempos...

Abraço e boa semana

Rita disse...

Realmente não há nada mais triste e decadente que uma mulher bêbeda principalmente assim, aos caídos e a terminar nessa figura e nesse estado. Esses bifes são mesmo uns cromos...
Jokas

Gi disse...

O que eu lamento mesmo, mesmo, é teres-te esquecido do apêndice movilíneo em casa!
Essa é que é essa!
Não gosto mais de ti :)

mik@ disse...

ola master mai lindo
oh se elas fazem essas figurinhas ai entao nao admira que venham pra ca e sejam comidas por tipos como o zeze camarinha... (blherccccccccc)
sao umas totós :S
kiss master mai lindo

Kapitão Kaus disse...

Hi Hydra-Friend:)

Só mesmo tu para atraires situações insólitas:)

O que eu me ri com esta tua aventura:) E com os teus apartes:)

E a Sally.... adormecida sozinha... e num cenário tão pouco romântico...

AG:)
KKF

Leila* disse...

Hydra, é caso para dizer c'um caneco!!!

Já vi que as noites por ai são agitadas, pelo menos para os taxistas!! :D

Kiss**

Maga disse...

aiii!!! que saudades!!!
oh hydra-friend, a moça estava mesmo desgraçadinha... lembra-me uma tuga-bruxa, há uns meses atrás... mas sem cinto, que estava frio pra caraças! e com mais tino, claro... ihihih
quem me dera estar aí agora
kisses!

susy claro disse...

O que viste é muito comum, mas o modo como o descreveste é único! Adorei!
Bjs

Anita :) disse...

lol Hydra trenguito:))) até em Londres estas situações te acontecem;)))e, que situação;)))

Beijinho grande

Olá!! disse...

hihi grande ramboia .... adoro cintos ;))))

Beijossssssssss e bom fim-de-semana

Cris disse...

...é pena n é?! :-/
Mas é hilariante da meneira como descreves, é bom para começar o dia:-))

bisss
@+

Nuno T disse...

Mais um romance, com uma escrita belíssima e um final arrebatador!
Essas gajas pá!

ps: tens o num de telemovel dessa Sally?? Just in case...! :)

abraço!

Will disse...

Ai as recordações que este teu post me traz: I miss London so much!

Socrates daSilva disse...

Eu sabia...
Os ingleses iriam ser uma deliciosa matéria prima para as tuas teclas. Vai-te a eles, Homem!
Abraço

caditonuno disse...

só li a PARTE I, mas gostei da cena onde pensavas que era um camponês a esfolar um gato. coitado do gato... aliás, da Sally!

Rita disse...

Onde estás Hydra filho???
Jokas

fj disse...

nem parece teu....100telemovel
Um abraço (de longe)

Pearl disse...

LOLOLOL
Hydra brother ... tenho que ir... amanhã volto para te comentar!!!
:o)))***

Graduated Fool disse...

Miss you.

Restelo disse...

As 9 deles é a nossa meia-noite! Eles (e sobretudo elas) não sabem mesmo beber!

Angelo disse...

Querem ver que o tipo se eclipsou?

mik@ disse...

masterrrrrrrrrrrrrrrr ........

where are you???????????

i miss you.

kissss

cat-pupila

Celeste disse...

Passei só para dar um beijinho... muito trabalho... (ufa!!!)

Espero que esteja tudo a correr bem por aí, e deixa que o tempo por cá está igualzinho, não estás a perder nada. Só ceú cinzento e chuva.

Beiji*** grandes para o hydramix :)

Umabel disse...

Garoto por onde andas? Tenho sôdades!! Vê láse arranjas uma companhias melhores, não te quero por maus caminhos lolol!

Beijo enorme e um abraço de aperta ossos com recheio de imenso carinho

cris disse...

:-/ ???

Francisco disse...

Olá Hydra,

Passa no meu novo blog...

Abraço

Olá!! disse...

Bom fim-de-semana Hydra
Espero que esteja tudo bem por aí
Kiss

lu disse...

volta! estás aperdoado!!

:)

L

Anita :) disse...

cucu trenguito;))
onde andas tu hummm???

kisses