quarta-feira, março 11, 2009

Esqueci-me do título outra vez...."A verdade da mentira!"

Aviso: Vou agora repor a verdade e a mentira acerca dos factos abaixo. No entanto, terei de me desculpar por ter sido tão esperto quanto um rebento de soja..... porque me distraí, fui por aí embalado...e apenas 2 das afirmações são falsas...o resto é TUDO verdade minha gente...por mais escabroso e calórico que seja...


Ora vejemos,


1- Perdi a virgindade à frente de imensa gente.
- VERDADE. Inadvertidamente tal foi verdade...quem sabe um dia não conto como....


2- Para me vingar do meu pai, por me ter prometido deixar sair e depois voltar atrás com a palavra, dei-lhe uma chave de totoloto que correspondia à chave com a qual ele tinha jogado. Deixei-o pensar que tinha ganho, festejar e pular e fazer planos...depois discretamente passei-lhe a verdadeira chave vencedora e disse-lhe: "Vês?...Custa, não custa?". - VERDADE. Eu não disse que sou uma besta? Ele contrariou-me e eu resolvi ensinar-lhe que a vida não é sempre justa....


3- Era eu miúdo e a minha maior tristeza foi a morte de um hamster a quem fiz um enterro dentro de uma embalagem de planta. - VERDADE. Eu adorava aquele rato...foi pena que marcou....E quando eu descobri que na realidade havia uma coisa que se chamava manteiga, a minha vida mudou!!!!


4- No meu 9 ano, fui um aluno exemplar (um con*s, portanto!) em todas as disciplinas, excepto Trabalhos Oficinais (variante texteis) em que me portava como um orangotango deliquente. - VERDADE. Até metia dó....nas outras disciplinas era um sacristão de meter nojo....naquela especificamente, transfigurava-me em Jet Li...respondão, caminhava sobre as mesas, atirava coisas pela janela...(maldita cocaína!).


5- Arranjei problemas com um professor de Educação Física, por não querer arrastar uma baliza de ferro pesadíssima, alegando eu com desprezo, que tal tarefa não pertencia ao âmbito da disciplina. - VERDADE. Aquele filho da put* era arrogante e presunçoso....ora tb eu o sou...chocámos e eu ganhei...pois no caso People vs Hydra, a directora de turma deu-me razão....


6- Levei rodas de estúpido frequentemente por um professor de Geografia, porque morria de riso por tudo e por nada...eu já tinha medo daquelas aulas, porque sabia que a mínima coisa me iria fazer gargalhar. - VERDADE. Deve ter sido o ano escolar (fora a faculdade) mais feliz da minha vida...levei rodas de estúpido várias vezes...e uma vez até tive de espetar um compasso na mão para me travar o riso...por isso imaginem lá a rebaldaria que não era....mas a culpa não era minha....o Prof. até trazia manchas nas calças a seguir a ter ido ao WC....tudo era motivo de riso...ah memórias...!


7- Frequentei o conservatório de piano mas muita pena tenho de não o ter acabado. - MENTIRA. Para grande pena minha...fui tonto na altura, a minha prof de música queria levar-me para lá...mas nunca fui...e para colmatar a paixão...fui aprendendo sozinho....


8- Quando era pequeno costumava derreter vaqueiro e depois espremia o sumo de um limão...fazia-o miscível possível, e molhava com pão deliciado. - VERDADE. E tão bem que isto sabia.....credo, hoje quando penso nisto até fico enjoado...abençoado metabolismo que tenho....


9- O meu petit-nom de criança era Guto. - MENTIRA. Era ainda mais, inho, e coisinho, e inhozinho que possam imaginar....Hydra-mãe com brinquedo novo, eu o first child...foi o enjoo..Nem tenho coragem de o dizer...



E prontos...agora para descontrair vou para a janela atirar alhos para a estrada....ouvi dizer que faz bem à circulação!....(A trepanação não me correu bem!)

12 Reacções:

Anónimo disse...

És único!! Já o sabia, mas cada vez tenho mais evidências de tal (DNA evidence included).
Continua assim.
Tenho dito!
ADORO-TE!

Camila

Kapitão Kaus disse...

Oh, Hydra-Friend, estou desmoralizado, pá!!!
Só acertei uma... E eu a pensar que te conhecia... e que ia ganhar um prémio chorudo! Um Maserati, no mínimo, porque quem vive na Suíça há de oferecer prémios fabulásticos... Oh pá, nem te conto o estado em que fiquei depois disto... (snif, snif, snif)

Ag:)
KKF

Graduated Fool disse...

Ahhhhh, eu achei que era tudo muito bem elaborado e cómico para ser mentira.

Beijos

Angelo disse...

G'anda lição que deste ao teu pai! AH AH!

O que já me ri! Como diria um amigo meu - neste caso, eu mesmo - tu não és normal!

Ana. disse...

Ó pá,
Não acertei numa única!!
Mas era capaz de jurar que aquela mistela com vaqueiro era mentira!!
Ca nojo!!

beijos!
;)

caditonuno disse...

coitados dos profes. eu também dei-lhes umas valentes dores de cabeça.

quanto à virgindade, nao foi num local com montes de gente.

também tive tartarugas, mas umas desapareceram, outra morreu e quando a vi estava cheia de larvas, etc. coitada da bicha!

Gi disse...

Era suposto ser 3 mentiras, pá! Assim fomos mais mentirosos que tu.

pinguim disse...

Apesar de teres feito um bocadinho de batota, acho que escolheste umas situações que baralhavam bastante as pessoas; acertei uma e como errei uma óbvia (para mim), exijo explicação: como foi isso da virgindade?????
Abraço.

fj disse...

:))
MANIA de (querer) ser diferente...eheheh!!

ok! confesso-me mais mentiroso q tu!
um abraço.


Ps: olha como ja deves estar por aí mais disponivel, que tal uma participação,muito simples, no "desafio" do meu blog, é importante leres =mete um “esclarecimento” dado num dos meus comments, pode ser relevante para a tua resposta, lá nas 2ªs "BlogOlimpíadas" da “Língua Portuguesa”.

fj disse...

=mete

* igualmente

Veruska disse...

Eu também era assim nas aulas de Trabalhos Oficinais, sobretudo nas de Têxteis! Que fixe! ahahahah

RockyBalbino disse...

Gostei francamente de todas. A da chave do totoloto, no entanto, pelo sabor proibido que tem uma pessoa rir-se de uma crueldade dessas, foi a minha preferida :)