segunda-feira, fevereiro 11, 2008

A night at the Theatre....

Era possivelmente este título que faltaria aos Queen lançarem, e que porventura os Irmãos Marx por algum motivo, se coibiram de filmar....

Little did they now....!

Pois bem...Sábado à noite, fui ao teatro com um uns amigos. Um amigo nosso tinha contactos em altas esferas e conseguiu arranjar bilhetes à malta do alheio!
Reuniu-se um pequeno rebanho muito bem aprumado, e lá fomos todos nós tangidos pelo gongue teatral....

A Peça: Paranormal, com o Joaquim Monchique (Só!)
Duração: Uma hora e meia (guardem esta info nos vossos espíritos!)

Balindo em antecipação, endireito afora pelo corredor que levava aos lugares, detectámos o anverso de um mupi publicitando a peça que prenunciava catástrofe....pelo menos para mim (!).....dizia:

"Catadupas de gargalhadas" - segundo o 24 Horas (jornal)....

.....Segui com baixa fleuma....subi os degraus ao anunciado cadafalso, avancei ao meu lugar, despojei-me do blaser da estação e sentei-me....com o "24 Horas" e "catadupas" a martelarem-me a faculdade....

A peça começou....permeou....avançou pela falta de enredo congruente....e eu pensava:
"Oh Deus, uma colher romba e ferrugenta no abdómen!"...
O público ria...e ria...e ria....e eu indagava-me sobre o lobo cerebral que havia decerto deixado em casa....pois aquele humor...escapava-se-me....Eram asneiras, piadas previsíveis de humor MUITO acima de pH 7......

Mas não fui o único....dentro da matilha, havia uma amiga que padecia da mesma falta lobular...
De vez em quando, lá olhávamos um para o outro, caras combalidas, olhar baço, lábios cedidos e entortados, fio de saliva suspenso....

Lá para o meio, após ter acordado de uma magnífica power-nap pelo clangor gargalhante do público...alcanço o tfone e envio à nossa amiga um sms: "Se puderes dá-me um tiro, dói menos!"
E foi aqui que nos rimos....um momento só nosso!

Eu e ela, fomos os velhotes dos Marretas, neste segmento!!!!

A peça acabou....tarde!...Tarde demais....Queria a minha hora e meia de vida de volta!!!!

Saímos...e suspirei à minha companheira de catatonia: "Let's never speak of this again!"....e irrompemos em casquinada!


O meu nível de diversão (medido matematicamente) calcula-se:
1 / (catadupas de gargalhadas)*



PS - Joaquim Monchique, filho!....Tu perdoa-me...se calhar foi do meu ânimo, ou falta dele naquela noite, realmente ando intragável!....Dás uma linda Princesa Diana e uma Tia Robinha do outro mundo....mas....mas aqui, tiro-te apenas o chapéu por decorares um tamanho texto!


* Ou então, numa outra aproximação, sendo Catadupas = ∞, segue-se que o Lim 1/ ∞ = 0 (Inspiração Caprina!)

45 Reacções:

Paula disse...

Agora surpreendeste-me.
Por acaso, achava o Joaquim Monchique engraçado mas pelos vistos, ou o humor era muito básico ou deixaste mesmo o lóbulo (ou lobo?) cerebral em casa!
Bem, poupas-me o preço do bilhete e hora e meia perdida!
Tens um desafio (QUE SEI QUE NÃO GOSTAS MUITO MAS NÃO CUSTA MESMO NADA)no meu blog!!!
Bjs!

Gione disse...

Oh Mon Hydra Chique mais vale a night at Oprah!

Olá!! disse...

Espero que estejas refeito do acontecimento...
Hoje em dia ver Herman e os seus discípulos é um verdadeiro risco para o humor...
;))))
Beijosss

fj disse...

my friend,
mais valia uma ida ao estadio da luz,ao menos chamavas nomes ao arbitro 100ng perceber e ainda deitavas cá pra fora esse mau-humor de fds...ehehehhe.
A companhia era agradável, claro está,foi por isso q foste a uma noite de teatro. ah pois!tass mesmo a ver!!!
Um abraço e boa semana.

Artemisa disse...

Eu por acaso fui já há uns tempos, paguei €15 pelo bilhete e não desgostei. Felizes dos básicos, sempre se divertem mais :p
Bisous

Ruca! disse...

caro hydra, não se podia esperar outra coisa dessa 'peça'.

sempre ouvi dizer que ele há coisas que até de borla são caras. essa é uma delas.
arre!

abraço

Girafa cor de rosa disse...

Está o máximo este poste. Deixa-me que te console: tu fizeste rir (pronto não às catadupas, mas um bom bocado!!). Gostei da parte: "um pequeno rebanho muito bem aprumado" ahnn sabes escrever muita bem :)) tb achei piada às continhas que tu fizeste 1/infinito dá uma indeterminação! Mas o seu limite é zero (uau!!). Bjs boa semana tenta divertir-te um pouco mais, pode ser que os gato fedorento apareçam por aí:))

Cris disse...

bemmm
pelo menos n estavas sozinho :-))
ja sao:
2/(catadupas de gargalhadas)

:-))

Kapitão Kaus disse...

Oh, meu caro Hydra-Friend!

Tu és demais!
Coitadito do moço que estava a tentar ganhar a vida!

Bem, tens 3 aspectos a lucrar nesta história: 1) o facto de teres uma história para contar; 2) a companhia simpática; 3) não teres desembolsado nada, a não ser tempo, para assistir à "peça".

Abraço grande :)
KKF

Gata Verde disse...

Ainda bem que avisas, porque eu também faço parte daqueles que não têm a gargalhada fácil. O humor tem de ser inteligente para o considerar realmente bom e nunca na base do palavrão.

Bjs

TheTalesMaker disse...

Ora bem, fala quem também lá esteve. Não digo maravilhas daquilo, mas houve alguns momentos de riso. OKk admito que algumas piadas eram fáceis, muito palavrão à mistura, mas dava para rir e distrair um pouco. Mas certamente o teu estado de espírito também não estava mesmo nada virado para aquilo. para a próxima tomas 3 doses de lithium, arrebitas logo o humor. E isto tudo é o que faz morar em Mem Martins, as pessoas ficam assim, sem sentido de humor para as coisas.
:P

Fractal SMOG disse...

Acho que poucos são os single acts que me levariam ao teatro...

Os meus preferidos são mesmo os do meu amigo Tochas, mas isso é mesmo stand up comedy... muito UP mesmo!

O Livreiro disse...

Single acts só o do José Pedro Gomes, coçar onde é perciso.
Muito bom.

Leila* disse...

Eheheh ao menos foi de borla né???

A minha prima foi ver e adorou, mas deve ser porque ela nunca vai ao teatro, e já ia satisfeita só de lá estar!!

Kiss**

Pong disse...

O positivo é que foi de borla e estavas acompanhado. ahah ;)

Graduated Fool disse...

Pois quando fui convidado franzi logo, loguinho o nariz. A coisa não me cheirava... Acabei por não ir porque tinha carradas de testes para corrigir e também porque a coisa não me cheirava a mais do que brejeirice, piadas limitadas e "tuguices" enervantes. Mas depois tive pena, confesso. Queria sair de casa, estar com vocês e por 1 euro fiquei com pena de não ter ido.
Mas assim que me disseram o tipo de coisa que era... God, ainda bem que não fui. Ia-me passar, de certeza. É que esse tipo de coisas não só não me faz rir com o me faz rugir de nervos que se vão acumulando a cada minuto.

Lux Lisbon disse...

Hmmmm conselhos culturais do 24 horas é o que dá!! :P

medusasss disse...

Ah Hydra-friend! Palavras para quê?
These guys suck! E não, não é uma referência à maneira como possivelmente conseguiram o protagonismo... são mesmo secantes!
Dá vontade de conhecer os críticos de teatro só para lhes dar na moleirinha!
***

Lau disse...

:) ouvi falar no teu blog pela Anita e Ana Lua e decidi espreitar :) adorei, pretendo ca voltar :)

Jokitas angelicais

Fases como a Lua disse...

Revi-me na tua história... mas na peça "os melhores stckethes dos Monty Python. Talvez eu tenha o mesmo problema lobular que tu, mas a verdade é que esperava mais... muito mais.
Felizmente o lugar que ocupei no camarote "foi" à borla... Caso contrário ainda estaria a chorar os meu tostanito.
É certo que estava cansada e com pouca vontade de ir onde quer que fosse, a não ser a minha cama. Talvez tenha tido alguma influência... mas saí de lá com sono...

"The question is: 'What is a "Manamana?"
"The question is: 'Who cares?!?'"

vsuzano disse...

deixa lá.... às vezes o teatro é mesmo assim, as pancadas servem a uns e não a outros.... rsrsrsrs...
pelo menos deste arejo à pevide... e treinaste as sms´s coisa bem necessária nos tempos que correm...

Sahara disse...

Devias ter logo desconfiado por o 24Horas ter feito uma crítica cultural (é que são dois conceitos que não rimam de todo :P).
E o que eu me ri com o texto da tua sms... :D

Kapikua disse...

Por acaso nunca tive grande curiosidade em ver o Paranormal.
E, a avaliar pelo teu post, o que faço de melhor é não pôr lá os buts!

gargalhadas em catadupa dei eu quando li o sms que mandaste à tua amiga e colega Marreta!

Abraço

Diva disse...

Entendi nepias.... essas coisas da tuga num entendo nepias hehehe... mas vale deixar um sorriso e mil
bjs meus

JoaoR disse...

Pois, qualquer coisa acima de Ph7 dá cabo de uma pessoa.


Já cá não vinha a algum tempo :P

[]

>> nim disse...

é daquelas peças que nunca despertou a minha curiosidade. é dinnheiro e tempo precioso que poupo :)

abraço canito!

>> nim disse...

é daquelas peças que nunca despertou a minha curiosidade. é dinnheiro e tempo precioso que poupo :)

abraço canito!

Maria do Consultório disse...

E não vias logo que vinha de lá uma catástrofe?
Era limpinho!

alminhas disse...

Hydra sem querer beliscar o teu universo de preferências, diz-me, porquê o Joaquim Monchique???' Quando li o teu post fiquei tangido com este teu anverso mupi de gargalhadas estonteantes que me provocaram uma fleuma que me deixou despojado em toda a minha panóplia de sentimentos!

Gosto da maneira como discriminas os cultos e os incultos que vêm ao teu blog! :))

Abraço
Quanto à coincidência, será que se trata disso mesmo?

Troca Letras disse...

Preciso que me ajudem a escolher os melhore de sempre da Musica Portuguesa
Está todo aqui explicado.

Anita disse...

ai...ai...hydra trenguito...e eu que estava a pensar em ir ver essa peça:/ depois de ler este teu post vou pensar duas vezes:)))

Mas vê as coisas pelo lado positivo, ao menos foste ao teatro em boa companhia:)))

beijinho grande e continuação de uma boa semana:)*

ps: encaixava como uma luva o título do teu post nos queen:)

mjf disse...

Olá!

Uma peça com o Monchique??' não podias ter tantas expectativas boas... :=)

Beijos

Mim disse...

Isso é uma sensação tão má!, quando estás num sítio onde todos à vlta riem de cenas que já forma há anos luz.. credo! E não vieste embora a meio? Porquê??

Pobrezinho!!

Toma uma bjoka (vamos ver se conseguimos a tua hora e meia de volta, ok?

mik@ disse...

aih aih master...
pelo menos não pagaste os bilhetes, aí sim era mesmo mau. pagar e nao gostar do que se vai ver é deitar dinheiro ao lixo.
mas também... sei que o teu humor não devia estar no sitio certo pra ver a peça...
enfim deixa pra lá :) à proxima corre melhor.
kisss e ânimo tá :)

Kapitão Kaus disse...

Caro Hydra-Friend,

Parabéns pela mudança do layout!
Gostei!

Abraço grande :)
KKF

Paulo disse...

Também vimos esta peça há umas semanas atrás... como não nos despertou grande interesse, nem mencionámos o facto. Acredita que concordamos muito contido em vários pontos: decorar o texto é um deles. De resto, não merecia o nosso tempo, de facto não. Bem-feita que os jornais que citados eram um bom indicador para fuga imediata e a grande velocidade...
Enfim, passou-se.

Abraço forte!

P.S. Já vi que puseste os prémios no sidebar!

AnaLua disse...

olés!!!

espero que ja te tenhas recomposto do desaire, essas coisas ate fazem mal ao intelecto :P por acaso estive para iver a peça qdo esteve cá no Porto mas pelos vistos ainda bem que nao fui :P

jinhos

medusasss disse...

Ah Hydra-friend, o teu Header é tão giro!
Saiste-me um Hydra bem talentoso! Que finura de bom gosto!
Onde passo para levantar o DVD? :p
***

pinguim disse...

Eu não vi a peça, nem tenho intenção de ver; que me desculpe o Monchique, com quem simpatizei algumas vezes no "Herman", e que me desculpem todos, pois o que vou dizer nem parece meu,(é mesmo verdade), só me dá a ideia que o Miguel F., depois duma`"órgia" com o Monchique lhe "deu" a peça, como paga de uma boa "prestação"...
Abraço.

brankita disse...

Olá Hydra, bem depois de ler o teu texto e de me rir (a bom rir), fiquei a pensar que muiiiiiiiito melhor do que ir gastar o tostãozinho nessa peça é mesmo vir até ao teu blog, sempre sai mais barato, o nível é muitissimo acima de PH7 e a escrita supera a de qualquer "one man show".
Bjikos

Hydrargirum disse...

Olá a Tod@s:)

Mto obrigado pelos vossos comments:) E pelas palavras simpáticas:)

Já vi que as opiniões tb se dividem entre vocês!....

Pois como disse....se calhar numa outra altura mais bem disposta, teria até esboçado um sorriso ou outro...mas no computo geral...esta peça, não me faria gargalhar nunca....pelo tipo de humor escolhido....

Mas pronto...sempre foi a Night at the Theatre...em boa companhia...o "rebanho" de amigos era uma simpatia...e ainda nos rimos a valer com a falta de riso...da peça....

Houve comentários vossos, que achei deliciosos:) Gargalhadas ecoaram aqui!!!!:)Obrigado por tal:)

Muitos beijinhos e abraços para Todo@s vocês:)
Hydra:)

Rita disse...

Fizeste-me lembrar quando fui ver o "Doidos por Mary" ao cinema e não consegui mais do que esboçar um sorriso enquanto toda a plateia se escangalhava a rir...

Adorei: "O público ria...e ria...e ria....e eu indagava-me sobre o lobo cerebral que havia decerto deixado em casa....pois aquele humor...escapava-se-me...."

Jokas

veni_vidi_scribi disse...

Joaquim Monchique?!?! Do que estavas à espera??? Humor Nacional, de Ph neutro, para mim, só mesmo Pedro Tochas e Gato Fedorento... (desculpem-me os restantes que possa desconhecer...)
Numa situação dessas, eu passaria a hora e meia atenta ao riso dos outros... há sempre alguém que tem gargalhadas de fazer chorar... a rir :)
Beijos

Pearl disse...

Hum... não conheço a peça, como sabes, mas para ti, Hydra-brother, só tenho uma palavra que te vai aterrorizar até ao fim dos teus dias: "principezinho"!!! LOLOLOLOL
E tenho dito!!!
:o)))*** *** ***

Cabra Expiatória disse...

E não é que só agora é que vi ali a tua inspiração?

Mestre... deixas-me corada.
Assim babada...
A dar para o calada...
Com o ego inchado......

*Capro-beijinho, espero que não venha muito tarde!!