segunda-feira, julho 16, 2007

Ser civilizado é mentir?

O que é a Verdade? E de que modo podemos correlaccionar a Verdade com o ser civilizado...

Será que podemos dizer sempre a Verdade? Será que devemos dizer sempre a Verdade?
Mark Twain, disse um dia, que se dissermos sempre a Verdade, nunca nos esquecemos de nada!
Bem, isto claro, quando a Verdade concerne a nós próprios!
Mas e quando a Verdade, concerne a outrém?
Deveremos dizer a Verdade? Mesmo que isso implique ferir susceptibilidades, ofender alguém, minimizar ou denegrir o carácter de uma pessoa?

Aquilo que para nós é a nossa Verdade...pode não o ser para outra pessoa...cada pessoa tem a sua Verdade, ou a sua interpretação da mesma...



Parando com a divagação, até que ponto é que devemos ser civilizados e mentir? Ou ser Verdadeiros e causar atrito?

O que se responde a questões como:
-Tou gordo/a?
-Sou feio/a?
-Pareço mais velho/a?
-A comida está boa?

Deve dizer-se a Verdade e colocar em moção um acto de discussão irreparável e magoar outra pessoa? Ou deve mentir-se descaradamente de modo a não causar fricção, e deixar outrém num estado de bliss e enganado neste mundo?

Será que a tanta evolução Darwiniana nos fez chegar a um estatuto de inteligência que nos faz arrepiar caminho da Verdade para sermos o mais civilizados possível! Que mundo seria este, se toda a gente dissesse a Verdade, e fosse assim tão pouco civilizada?...Tanta guerra, tanta pequena guerra...ou tanta grande guerra...

Claro, há muitas Verdades, em muitos contextos...mas se calhar o melhor mesmo é continuar a amortecer as palavras e dar alguma cor e contornos à nossa Verdade, de modo a ser o mais civilizado possível! E fazer outrém sorrir...



Já dizia a Pessoa que há mais anos conheço nesta minha vida..."A Verdade magoa, e quando não magoa embaraça!"...
Então, para não magoar e embaraçar alguém...meus amigos Mintam...Mintam para fazer sorrir...
Que há poucos sorrisos neste mundo!

7 Reacções:

Muso disse...

Para quê mentir com a boca quando não se consegue mentir com os olhos? Eu, pelo menos, sou um péssimo mentiroso!

Hydrargirum disse...

Muso, sim, os olhos e a linguagem corporal podem deitar por terra uma mentira...A voz a ir numa direccao e os olhos e o corpo a irem na outra para contrariar o que a cabeca diz!

Como ves desperdicei uma carreira em psicoanalise!LOL :):):)

Muso disse...

:)

Arion disse...

Sempre te digo: quem ficar à espera das minhas mentiras para sorrir vai passar uma existência sem rugas de expressão ;)

Hydrargirum disse...

Arion: Boa frase! Mas por vezes dá sarilho...uma vez em Faro, uma colega entra-me pelo quarto adentro e pergunta..."Estas calças, fazem-me gorda?"...ao que eu disse "Sim!"...

E quem é que a aturou até ao fim dos dias?.....Yours truly!!!

:)

Joseph disse...

I can tell you were bored :P

Hydrargirum disse...

Joe, you made me laugh my head off!
Sometimes we don't need to speak the same language to understand each other!
Yes, indeed I was rather pensive and bored!
:):):)